Assine

A importância da nutrição para gatos e cães de raça

Benefícios dos alimentos específicos para pets de raça são pontuais

Msc MV Luciana Peruca

Coordenadora de Comunicação Científica

Royal Canin do Brasil

A ciência da nutrição de cães e gatos é considerada muito recente e as inovações estão sendo trabalhadas para alcançar a precisão nutricional por meio da conexão com a comunidade de pesquisadores e especialistas de renome mundial que discutem, questionam e apresentam novas propostas de soluções nutricionais. Em consequência desses esforços, a configuração do mercado com ofertas de alimentos cada vez mais precisos nutricionalmente é uma realidade.

Inúmeros são os estudos que se desenvolveram ao longo dos últimos anos e, até o momento, sabemos que as exigências nutricionais estão baseadas considerando, primeiramente, a espécie. Uma vez definido se o produto será destinado ao cão ou gato, a segunda questão deve ser se este animal possui uma raça específica ou não. Caso a resposta seja positiva, avalia-se, então, se a raça referida requer um alimento específico e se há a disponibilidade desse produto no mercado.

A necessidade nutricional de cada raça é um tema em ascensão baseado nas características morfofisiológicas que definem o padrão racial. O NRC (Nutrient Requirements of Dogs and Cats), em 2006, já mencionava que cães da raça Labrador, por exemplo, possuem Necessidade Energética Diária de Manutenção (NEM) diferente de cães de outras raças.

persa_1
O gato Persa faz a preensão do croquete com a porção
inferior da língua (Foto: reprodução)

Vale ressaltar que o ponto de partida para o desenvolvimento de um alimento industrializado para uma raça de cão ou gato provém da particularidade racial específica e respaldada pela literatura. Ademais, a contribuição por meio de escuta ativa de criadores renomados reforça a ideia de buscar uma formulação mais adequada e que atenda às sensibilidades inerentes à raça. Assim, pode-se observar que há diferenças já reconhecidas na literatura em níveis de energia requeridos por uma determinada raça para a manutenção de seu peso e saúde de uma forma geral.

Diante das variações em formatos de cabeça, mandíbula e maxila, identificou-se que cães braquicefálicos, por possuírem um crânio largo e curto, requerem um alimento com um croquete de formato adaptado e diferente do produzido para cães mesocefálicos, que possuem um crânio de comprimento e largura medianos. Facilitar a preensão do alimento implica aumentar a palatabilidade, além de tornar a velocidade de preensão e mastigação adequadas, bem como favorecer o bem-estar do animal.

No caso de gatos, as particularidades morfológicas, sensibilidade e outras características também são beneficiadas pela nutrição precisa. Os gatos da raça Persa são braquicefálicos, fazem a preensão do croquete com a porção inferior da língua e possuem sensibilidade de pele e gastrintestinal, além de tendência à formação de bolas de pelo. Os Siameses são gatos esguios, muito ativos e possuem predisposição à regurgitação, uma vez que a velocidade de ingestão alimentar é elevada. Gatos da raça Manie Coon possuem mandíbulas grandes, predisposição à cardiomiopatia hipertrófica e enfermidades articulares, como displasia coxofemoral (Mills, 1995, Meurs 2005). Para cada um deles é necessário um perfil nutricional específico.

Os benefícios dos alimentos específicos para cães e gatos de raça são diversos e pontuais. O perfil nutricional, formato, tamanho e textura dos croquetes, entre outras características de tais produtos, atendem de forma precisa às necessidades raciais cientificamente reconhecidas por médicos-veterinários e criadores e objetivam o favorecer a qualidade de vida e o bem-estar de cães e gatos. 

Referências bibliográficas 

MILLS, D.L. Feline Joint Problems. Proceedings of the 5th American College of Veterinary Surgeons 1995; 533-535.

MEURS KM, SANCHEZ X, DAVID RM, BOWLES NE, TOWBIN JA, REISER PJ, et al. A cardiac myosin binding protein C mutation in the Maine Coon cat with familial hypertrophic cardiomyopathy. Hum Mol Genet 2005;14:3587-3593.

NATIONAL RESEARCH CONCIL – NRC. Nutrient requirements of dogs and cats. Washington, D.C: National Academy Press, 2006.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.