Assine

Alimentação com carne de frango crua pode causar paralisia em cães

Leite não pasteurizado e água contaminada também podem resultar no problema

Alimentar os cães com carne de frango crua pode aumentar em cerca de 70% o risco de os animais desenvolverem paralisia. A conclusão é de um estudo da Universidade de Melbourne (Austrália), que procurou analisar a relação entre a bactéria Campylobacter e a Polirradiculoneurite Aguda em cães. 

frangocru
Estudo envolveu uma amostra de 27 cães com sintomas
de Polirradiculoneurite Aguda e 47 cães sem qualquer tipo
de sintomas da patologia (Foto: reprodução)

Um dos investigadores envolvidos no estudo, Matthias le Chevoir, afirma que a causa da Polirradiculoneurite Aguda nos animais tem desconcertado a comunidade veterinária durante muito tempo. “É uma condição rara, mas debilitante, que, em uma primeira fase, faz com que as pernas traseiras dos cães fiquem fracas. Depois pode progredir e afetar as pernas frontais, o pescoço, a cabeça e o focinho. Alguns cães podem até morrer por causa da doença se os seus peitos ficarem paralisados”, frisa. 

De acordo com a comunidade científica, a paralisia pode resultar por conta do sistema nervoso do animal ficar desregulado e começar a “atacar” as suas próprias terminações nervosas, uma condição quer tem tendência para piorar de forma gradual. 

O estudo sugere que a bactéria Campylobacter, presente em carne de frango crua ou mal cozinhada, leite não pasteurizado ou água contaminada, pode ser a responsável por desencadear esta condição em cães. 

A investigação envolveu uma amostra de 27 cães com sintomas de Polirradiculoneurite Aguda e 47 cães sem qualquer tipo de sintomas da patologia que foram submetidos a vários exames físicos, nomeadamente a uma recolha de matéria fecal que foi analisada para a presença da bactéria. Conheça o estudo em detalhe aqui

Fonte: Veterinária Atual, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.