Assine

Animais estão propensos a sofrerem fraturas na maxila e mandíbula

Local de incidência das fraturas se diferencia entre cães e gatos

Fraturas de mandíbula e maxila podem estar presentes na vida de cães e gatos. Elas podem ser causadas por golpes – devido a maus tratos –, brigas, atropelamento e quedas de altura, ou ainda devido a outras afecções, como neoplasias orais, malformações dentárias, cistos dentígeros ou doença periodontal, as denominadas fraturas patológicas. 

Segundo o médico-veterinário proprietário do Centro de Odontologia Veterinária e Cirurgia Oral Dentistavet (São Paulo/SP), Marco Antonio Leon, esses tipos de fratura correspondem a 1,5% a 3% de todas as fraturas em cães e 15% a 23% em gatos. Em situações como essa, é essencial a presença de profissionais experientes na área, na visão de Leon. 

Continue lendo na edição deste mês da Revista Cães&Gatos VET FOOD. Acesse já

colocando no lugar
Você pode conferir a reportagem completa na edição de abril, nº 212, da C&G VF, em revistacaesegatos.com.br

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.