Assine

Atendimento veterinário em conjunto proporciona benefícios aos pets

Bem-estar de pacientes pode ser ampliado diante de parceria profissional

Uma equipe multidisciplinar é capaz de investigar todas as carências, necessidades e sofrimentos de um cão ou gato e oferecer afago e bem-estar em forma de tratamento. Se um detalhe passa despercebido aos olhos de um profissional, o outro está ali para complementar e é assim que o pet é salvo. 

Inspirada em um evento que ocorreu em Portugal, no mês de maio, a Revista Cães&Gatos VET FOOD traz uma indagação a você, leitor: “Os veterinários sabem trabalhar em conjunto?”. A médica-veterinária clínica geral, que atua em Nefrologia e Urologia, Cibele Erreiras Ruiz, acredita que a parceria entre profissionais está ficando cada vez melhor, pois os clínicos gerais estão se conscientizando da importância do especialista para auxiliar em diagnósticos e tratamentos mais específicos. “O mundo da Medicina Veterinária já oferece uma série de recursos para que a terapia e os cuidados com cães e gatos sejam realizados de maneira cada vez mais específica”, pondera. 

Já a médica-veterinária especialista em Homeopatia, Mônica Filomena Assis de Souza, descreve que, em sua experiência, os colegas encaminham casos quando percebem que sua especialidade pode ajudá-los em um caso onde ela é a melhor indicação. “Muitos profissionais compartilham seus pacientes comigo, trabalhamos juntos nos atendimentos e temos uma boa sintonia. É uma experiência rica e gratificante, onde aprendemos muito e se apresenta como uma oportunidade de oferecermos o melhor para o paciente”, compartilha. 

Atualmente, o conceito de trabalho em equipe na profissão mudou bastante em comparação há dez anos, devido à grande divisão entre os clínicos e especialistas, para a médica-veterinária especialista em Oncologia, Daiane Duarte. “Antigamente, o clínico tentava resolver tudo com o seu conhecimento em Clínica Médica e, também, por conta do número reduzido de especialistas conceituados no mercado, eles encaminhavam menos pacientes. Hoje em dia, vejo que os colegas estão trabalhando mais em equipe e encaminhando mais os casos. 

Leia aqui a reportagem completa, da edição de julho da C&G VF. 

vetconjunto
Edição nº 226 está disponível na íntegra, de forma gratuita,

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.