Assine

Biópsia pode ser forte aliada no tratamento de doenças dermatológicas

Procedimento pode ser realizado apenas com anestesia local

A Dermatopatologia é uma especialidade das áreas de Dermatologia e Anátomo- patologia, que consiste no estudo das doenças de pele por meio da caracterização e correlação clínico-histopatológica das dermatopatias. 

Tal especialidade pode auxiliar no dia a dia da clínica veterinária, como explica a médica-veterinária, mestre e doutora em Ciências Veterinárias e patologista veterinária responsável pelo Serviço de Histopatologia e Citopatologia do laboratório Werner&Werner (Curitiba/PR), Juliana Werner. 

“Por meio da biópsia de pele, a dermatopatologia pode ajudar o clínico veterinário no diagnóstico, prognóstico e tratamento de diversas dermatopatias. Por meio do exame dermatohistopatológico, é possível concluir o diagnóstico de uma dermatopatia, propor diagnósticos diferenciais, limitar o número de diagnósticos diferenciais ou, pelo menos, auxiliar o clínico veterinário na condução terapêutica da alteração cutânea”, afirma. 

Com a biópsia de pele, é possível fazer a correlação do laudo dermatohistopatológico com o padrão clínico dermatológico apresentado pelo paciente. Dessa maneira, o clínico veterinário é capaz de decidir a condução clínica e terapêutica da alteração cutânea. 

Leia a reportagem completa, que mostra o passo a passo para uma biópsia bem feita, na edição de março da C&G VF.

grandeza
Edição de março, de nº 223, está disponível em revistacaesegatos.com.br (Foto: C&G VF)

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.