Assine

Casos de Dermatite Atópica exigem conhecimento e boa conduta clínica

Diálogo entre tutor e veterinário é essencial para atendimento do paciente

A Dermatite Atópica (DA) se apresenta como um grande desafio na rotina de médicos-veterinários, pois é um problema que acomete, frequentemente, os cães. Ainda assim, hora ou outra surgem algumas dúvidas sobre como lidar com um pet acometido. 

A dermatite atópica canina (DAC) é, de acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia Veterinária (SBDV, São Paulo/SP) e médico-veterinário do atendimento de Dermatologia do Pet Care Hospital Veterinário  e Focinhos Pet Shop (São Paulo/SP), Luiz Eduardo Bagini Lucarts, definida como uma doença cutânea inflamatória e pruriginosa, com predisposição genética e achados clínicos  característicos associados a anticorpos IgE, mais comumente a alérgenos ambientais. “Porém, à medida em que o conhecimento sobre a enfermidade aumenta, vemos que há uma pletora de manifestações clínicas possíveis, além de uma complexa patogenia envolvida”. 

Lucarts compartilha que, para chegar ao diagnóstico de dermatite atópica, que, segundo ele, se dá clinicamente, por exclusão, é preciso realizar a profilaxia a ectoparasitas, que utiliza medicamentos pertencentes à família das isoxazolinas como o Fluralaner, Sarolaner e Afoxolaner, e controle das enfermidades secundárias – bacterianas ou fúngicas. 

A alimentação é uma forte aliada no tratamento da doença. A dermatóloga, secretária geral da SBDV e médica-veterinária na clínica Metazooa (São Paulo/SP), Cristina Sartorato, opta, muitas vezes, pela dieta caseira, elegendo alimentos inéditos ao animal, mas reforça que o tutor deve receber a informação do total comprometimento da família em seguir a orientação alimentar. Petiscos, bem como qualquer alimento extra, devem ser proibidos. “Explico que a dedicação de todos nessa fase é um investimento por um curto período que trará informações valiosas beneficiando, no caso de resposta, o animal por toda vida”, salienta.

Leia mais na reportagem de capa da edição de abril da C&G VF.

grandedesafio
A edição de abril, nº 224, está disponível em revistacaesegatos.com.br (Foto: C&G VF)

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.