Assine

Centro Oncológico com Unidade de Radioterapia é inaugurado pela Pet Care

Segundo a empresa, os pets serão tratados com equipamento de alta energia

Assim como na medicina humana, em que quase metade dos pacientes oncológicos pode ser submetida, em algum momento do tratamento, a radioterapia também é uma eficiente modalidade para pets com câncer. Pensando nisso, a rede de Hospital Veterinário Pet Care (São Paulo/SP) inaugurou sua Unidade de Radioterapia, no Morumbi, em São Paulo (SP).

Nas últimas décadas, com o avanço da tecnologia e aquisição de equipamentos mais modernos por diversas instituições veterinárias, expandiu-se o uso da radioterapia no tratamento de tumores em animais de estimação. Inédito no Brasil, um equipamento igual ao utilizado em tratamento de câncer humano está em funcionamento no Centro Oncológico Pet Care. 

Trata-se do acelerador linear, capaz de tratar tumores mais profundos e distribuir as doses de radiação de forma mais homogênea, diminuindo, assim, os efeitos colaterais. A máquina tem a capacidade de atingir somente o tumor e não tecidos e órgãos colaterais, tornando, segundo a empresa, o método eficiente e aumentando as chances de cura. 

petcare
Radioterapia disponível no Centro é indicada no tratamento tanto curativo como paliativo para diversos tumores (Foto: divulgação)

Além disso, o dispositivo é equipado com colimador multi-leaf e Sistema de Planejamento, que permite utilizar técnicas avançadas, viabilizando o tratamento de tumores craniais, tumores intra abdominais ou torácicos com acurácia, o que não seria possível em alguns tipos de equipamentos utilizados para radioterapia. 

A radioterapia disponível no Centro Oncológico Pet Care é indicada no tratamento tanto curativo como paliativo para diversos tumores. São eles: Tumores Orais (Ameloblastoma, Acantomatose, Melanoma, Carcinoma Espinocelular, Fibrossarcoma); Tumores Cerebrais (Meningioma Glioma); Tumores Nasais; Tumor Hipofisário; Mastocitoma; Osteossarcoma; Sarcoma de Tecidos Moles; Sarcoma por aplicação; Carcinoma de célula de transição em bexiga; Carcinoma de Tireoide; Adenocarcinoma de saco anal. 

Para receber o equipamento importado dos Estados Unidos, o centro foi planejado de acordo com as normas exigidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa, Brasília/DF) e pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN, São Paulo/SP).

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.