Assine

Cresce número de pedidos para veterinários atenderem gratuitamente

Aceitar não é um dever. Profissionais devem colocar questões na balança

Os médicos-veterinários cuidam, não só da saúde dos animais, mas, também, das pessoas e do meio ambiente. E, apesar de todo seu esforço e estudos, é forte a rotina de pedidos de atendimentos “por amor”. 

Até 2016, de acordo com o artigo 20 do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), era proibido ao médico-veterinário prestar atendimentos gratuitos, exceto em caso de pesquisa, ensino ou de utilidade pública, ou, ainda, se fossem exercidos por entidades sem fins lucrativos. Depois, o código de ética e conduta do CFMV foi alterado e, em setembro de 2017, entrou em vigor, legalizando a gratuidade dos trabalhos. Mas, nem sempre há como atender de graça e nem todos entendem que o médico-veterinário também precisa pagar contas. 

Como mostrar às pessoas que esse profissional tem vida fora do consultório e não pode se doar apenas a trabalhos voluntários? É preciso ter o psicológico preparado e muito jogo de cintura para lidar com essa situação e o julgamento que ela traz após um “não” dito. “Todos os médicos-veterinários já passaram por essa situação alguma vez na vida”, afirma o médico-veterinário e presidente da Associação dos Médicos-Veterinários do Interior Paulista, Felipe Consentini. Segundo ele, até em momentos de lazer, os profissionais são surpreendidos com pessoas pedindo atendimentos gratuitos aos pets.

O cirurgião geral e ortopedista veterinário, proprietário do Centro Médico Veterinário Campinas, em Campinas/SP, Luciano Ferraz Neto diz que passa por isso diariamente, no consultório. “Infelizmente, é uma prática muito comum na profissão de médico-veterinário. Atendi um cachorro, que foi atropelado, estava fraturado havia 15 dias e eu o operei. A pessoa que o deixou não veio mais buscar. Além de ter operado gratuitamente, preciso tentar doar o animal”, acrescenta.

Continue lendo a reportagem de capa da edição de setembro da C&G VF.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.