Assine

Euromonitor International aponta crescimento do segmento de petfood

Brasil é o terceiro maior País em número de cães e gatos
casal_1
Um dos motivos para o crescimento é que casais
adiam o casamento, escolhendo passar mais
tempo com seus pets (Foto: reprodução)

O mercado latino americano de petfood apresentou um desempenho melhor que qualquer outra região do planeta nos últimos anos, crescendo a uma taxa média de 5,7% ao ano entre 2011 e 2016, segundo dados do relatório da Euromonitor International. 

Apesar das fortes recessões econômicas em alguns países latino americanos, 73 milhões de pessoas deixaram a pobreza e juntaram-se à classe média na última década. E o Banco Mundial estima que a proporção de pessoas que vivem em nível de pobreza (aqueles que vivem com até USD4 por dia), caiu de 41,3%, em 2004, para 23,3%, em 2014. Isto, mais que qualquer outro fator, é o que está impulsionando o crescimento do segmento de pet food. 

As vendas de ração para cães e gatos superaram as vendas de rações para qualquer outro tipo de animal em sete países da América Latina: Brasil, México, Argentina, Chile, Venezuela, Colômbia e Peru. Os latino americanos possuem uma atração por esses animais mais forte do que acontece em outras regiões. Na Europa, por exemplo, as vendas de rações para cães e gatos são, praticamente, similares às vendas das rações para outros tipos de animais. Na América Latina, contudo, a proporção é de seis para um dólares. Isto acontece pois muitos jovens casais em “megacidades”, por exemplo, do Brasil, México e Argentina estão adiando o casamento, escolhendo passar mais tempo com seus animais de estimação. 

Saiba mais sobre o levantamento na edição de maio da C&G VF.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.