Assine

Adestradora auxilia como minimizar sintomas de compulsão em pets

Lambedura excessiva e perseguição ao próprio rabo são alguns sintomas

Por Camila Mello, adestradora da Cão Cidadão 

 Dentre alguns problemas comportamentais que cães, gatos e outros pets podem apresentar, a compulsão está entre eles e aparecem com cada vez mais frequência.

 A compulsão apresenta-se através de comportamentos obsessivos, repetitivos, que em tese não tem motivo aparente e que podem causar danos físicos e mentais.

 Relatos comuns de tutores sobre compulsão são: lambedura excessiva de partes do corpo, como patas, dorso, rabo, ou ainda, perseguição ao próprio rabo ou a sua sombra. Casos extremos, podem se apresentar como arrancar o próprio pelo ou pena.

 Casos compulsivos, devem ser tratados logo que se desconfie que seu pet está apresentando. A primeira medida a ser tomada é levar o animal ao médico-veterinário para uma avaliação clínica.

 Pois é preciso descartar inicialmente qualquer problema de saúde no animal. Excesso de lambedura, ou de coceira, por exemplo, pode indicar algum problema dermatológico.

 Descartado qualquer problema de saúde, é iniciado o tratamento comportamental da compulsão.

 O pet poderá apresentar sintomas de compulsão pelo fato de não estar tendo suas necessidades físicas atendidas adequadamente, ou seja, por não estar gastando sua energia de forma satisfatória, o que eleva o nível de estresse e ansiedade.

 Outro fator que pode levar a desenvolver um comportamento compulsivo, são as mudanças bruscas na rotina do tutor e no ambiente em que vive. Isso pode envolver a chegada de um novo membro na família (humano ou canino) ou uma mudança de residência.

 Para tratar o comportamento, é essencial que se promova ao pet atividades que supram suas necessidades como espécie. É preciso que haja um enriquecimento ambiental adequado, ou seja, deixar disponível ao animal atividades que estimule e entretenham, como brinquedos adequados e arranhadores. Proporcionar o convívio com outros cães e com humanos também é uma ação importante, como animais sociáveis, precisam desenvolver suas habilidades.

Fonte: Cão Cidadão, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.