Assine

Adestradora ensina como garantir um inverno confortável para o gato

Colocar a cama do animal em locais que batem sol é uma boa saída

Por Rita de Cassia Vasconcelos, franqueada e adestradora da Cão Cidadão 

Chegou o inverno e o frio pode ser prejudicial para a saúde dos gatos, já que são animais muito sensíveis. Precisamos ficar bem atentos para evitar que eles sintam muito frio. Para isso temos várias dicas. Para verificar se o gato está com frio basta observar as suas extremidades, ponta das orelhas e patas, se estiverem gelados é provável que está na hora de aquecê-lo. 

Quando chega nessa época do ano, o pet vai procurar lugares para se aquecer. Gavetas, armários, embaixo de almofadas, por exemplo, são cantos quentes e ótimos na visão do pet para se proteger do frio, então é preciso tomar alguns cuidados para que eles não fiquem presos nesses lugares. 

Se o gato costuma sair, embaixo do carro ou no pneu é um lugar que eles adoram descansar, portanto sempre é bom verificar se tem um gato por ali antes de dar a partida no carro. Ou, se você perceber que seu felino está se entocando em lugares como atrás da geladeira ou perto de aparelhos eletrônicos, providencie mais lugares aconchegantes e agradáveis porque, provavelmente, ele está sentindo frio e procurando abrigo. 

gatocancer
Por mais que sintam frio, nem todo gato gosta
de utilizar roupas (Foto: reprodução)

Gatos que costumam passear precisam de um cuidado maior para que não fiquem expostos a temperaturas mais baixas. Se isso ocorrer, precisamos colocá-lo em um lugar quente e seco, com cobertor e alguma fonte de calor para que aumente sua temperatura. Já dentro de casa, devemos preparar o local do bichano com cobertores e lugares que não recebam correntes de vento, caixas de papelão, caminhas fechadas ou arrumar algumas cobertas para que fiquem em formato de toca. Se essas caminhas precisarem ficar no chão, o melhor é colocar algum edredom, tapete ou um papelão por baixo, para evitar a umidade e o frio que vem dele. Mas é mais interessante colocar em locais mais altos para que o gato não perca seu calor com facilidade. 

Um lugar que bate sol é bem eficiente e gostoso para se esquentar, então, se for possível arrumar uma caminha nas janelas ou varanda, o gatinho irá adorar. Sempre que puder mantenha as janelas e portas fechadas para evitar correntes de ar e manter o ambiente aquecido. Podemos, também, utilizar cobertores térmicos ou garrafas com água quente nos locais onde eles passam o maior tempo descansando. Mas é necessário observar se o ambiente não está quente demais, porque isso é tão prejudicial quanto o frio. 

Por mais que sintam frio, nem todo gato gosta de utilizar roupas, por se sentirem desconfortáveis e não conseguirem lamber seus pelos, mas alguns podem aceitar, se for muito necessário. Um tecido macio ajuda a proteger e mantê-los quentes, principalmente os que têm pouco ou nenhum pelo, como os da raça Sphinx. Evite colocar roupas nos gatos que saem na rua, porque elas podem se prender em algum galho ou fios e, para se soltar, o gato pode acabar se machucando. 

Filhotes e idosos têm a imunidade mais baixa, portanto, também necessitam de atenção redobrada. É importante sempre deixá-los em locais ondem possam receber calor de fontes externas. Uma ingestão extra de calorias pode ajudar a manter a temperatura do corpo aquecida, no entanto, como no frio eles tendem a se exercitarem menos, devemos considerar essa informação e observar, junto ao veterinário, a alimentação deles para que não fiquem obesos. 

Nas épocas mais frias, a pelagem dos gatos começa a aumentar, sendo que caem durante o calor. Manter uma escovação frequente ajuda a manter os pelos e a pele do gato saudável, evitando nós e quedas em excesso. Quando o gato molha o pelo fica mais difícil de manter seu corpo aquecido, por isso, é melhor evitar banho no tempo frio, se possível apenas banho a seco ou limpeza com lenço umedecido, caso necessário. 

As vacinas contra gripe também são aliadas para evitar problemas no frio, porque um gato imunizado terá menos chance de ficar doente com facilidade.

Fonte: Cão Cidadão, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.