Assine

Algumas raças de braquicefálicos não podem ser criadas na Holanda

Cães da raça pug e bulldog despertam proibição imediata em relação à criação

O Governo da Holanda vai aplicar a legislação criada para proibir a criação de cães com focinhos considerados curtos demais. A lei foi aprovada em 2014 e inclui a proibição de criação de 20 raças de braquicéfalos. 

A normativa cria um sistema de semáforo, que classifica as ‘raças proibidas’ para criação de acordo com a medida do focinho e da cabeça. 

O semáforo vermelho aplica-se a cães com um focinho mais curto do que um terço do crânio, como é o caso dos cães da raça pug, bulldog francês e bulldog inglês, com a proibição imediata da criação dos cães destas raças. 

O semáforo laranja aplica-se a cães com focinhos com uma dimensão entre um terço e metade do crânio e só permite a criação se forem cumpridos os restantes critérios de criação dos animais. 

Já o semáforo verde permite a criação e aplica-se a raças de cães com focinhos que equivalem a, pelo menos, metade do crânio do animal. 

Nos últimos anos tem-se somado o número de ações de conscientização para os problemas de saúde e de bem-estar associados aos cães braquicéfalos. Além disso, um estudo, recentemente publicado, conseguiu demonstrar que a causa para os problemas respiratórios destes cães pode ser uma mutação genética

Fonte: Veterinária Atual, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.