Assine

Após castração, felino tem sua expectativa de vida dobrada

Veterinária dá dicas sobre o procedimento e nutrição para gatos castrados

Aposto que você conhece um “gateiro” (as pessoas que gostam de gatos) por aí. Isso é reflexo da preferência brasileira, que vem crescendo: já são mais de 22 milhões de gatos no País e a expectativa é ultrapassar 30 milhões até 2022, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica (IBGE). Além de serem animais inteligentes e amorosos, o aumento da população de felinos aconteceu, também, devido à mudança no estilo de vida das pessoas: independência e fácil adaptação a ambientes pequenos são alguns dos fatores que têm levado o brasileiro a se interessar e optar cada vez mais pelos bichanos.

Mas, antes de se ter um gato, é preciso entender o conceito de guarda responsável para garantir os cuidados básicos à sua saúde e bem-estar. Entre os principais, tem destaque a necessidade de visitas regulares ao veterinário, a vacinação, a nutrição adequada e a castração, que contribui não apenas para a saúde do animal, mas, também, para o controle populacional da espécie, evitando uma prenhez não planejada pelo tutor e um possível abandono dos filhotes.

Por se tratar de uma cirurgia, é comum tutores de primeira viagem terem muitas dúvidas sobre o processo de castração. Uma das principais dúvidas que podem prevalecer é sobre o cio e a castração em si. Para esclarecer a questão de muitos tutores sobre o assunto, a médica-veterinária e gerente de Comunicação Científica da Royal Canin Brasil, Natália Lopes, organizou um compilado de informações sobre o tema.

opcoes
Após a cirurgia, o gato tende a aumentar o consumo
espontâneo de alimento, o que requer uma ração
adequada (Foto: reprodução)

Benefícios da castração. O procedimento cirúrgico é simples, segundo Natália: consiste na remoção dos órgãos sexuais responsáveis pela reprodução do animal, ou seja, dos testículos, para os machos, e dos ovários e útero para as fêmeas. Após a avaliação do veterinário e com a carteira de vacinação em dia, o procedimento é realizado com o animal em jejum e com aplicação de anestésico para um procedimento indolor. Ele costuma ser feito a partir dos 6 meses de vida e cada clínico pode adotar um protocolo específico, podendo ser realizado, também, no animal adulto.

Um dos benefícios da castração é a redução das "fugas". “Alguns estudos apontam que pode haver uma redução em até 94%, o que impacta indiretamente a expectativa de vida dos gatos, que pode passar ao dobro do que a de um gato que não passou pelo procedimento, já que ele se torna menos suscetível a doenças infecciosas contraídas na rua, a acidentes, traumatismos, intoxicações e maus-tratos”, aponta a veterinária. Além disso, a esterilização evita a reprodução indesejada, o abandono de animais e as doenças do sistema reprodutivo - especialmente nas fêmeas, em que reduz o risco de tumor de mama e de doenças uterinas.

Alterações hormonais. Essas mudanças causadas pela castração demandam certas adaptações e a alimentação de qualidade adequada às necessidades do felino castrado se torna essencial.

Logo após a cirurgia, o gato castrado tende a aumentar o consumo espontâneo de alimento. Em gramas, um macho castrado tende a comer 26% a mais, e a fêmea castrada 18% a mais, se mantido alimento em quantidade à vontade.

Estudos mostram que para gatos, já nos 3 primeiros meses pós-castração pode-se tornar evidente o ganho de peso. O risco do sobrepeso e obesidade aumentam em até 3 vezes, decorrentes do fato do gato castrado ficar menos ativo e, consequentemente, gastar menos energia. Se ele continuar ingerindo o mesmo alimento de antes, na mesma quantidade, pode ocorrer um desbalanço energético para mais, e o acúmulo de gordura.

A Royal Canin um programa de alimentação para os gatos castrados. Os alimentos atendem as necessidades desde o filhote castrado, que demanda um cuidado que suporte seu crescimento enquanto controla o excesso calórico, até a fase adulta e senil, pois, como esses animais tendem a viver mais, precisarão de uma nutrição que também suporte os sinais do envelhecimento. A linha Castrados é composta por alimentos nas versões Filhotes Castrados, Castrados, Castrados 7+ e Idosos Castrados 12+, além da versão úmida para oferecer uma experiência alimentar ainda mais completa.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.