Assine

Boehringer Ingelheim Saúde Animal oferece solução para DRC em gatos

Doença pode atingir de 35% a 50% dos animais quando chegam à meia idade

Com o crescente número de felinos dentro dos lares, se torna cada vez mais necessário instruir e apresentar problemas específicos dos quais a espécie pode ser acometida, para que assim, o tutor proporcione uma melhor qualidade de vida ao animal. Uma dessas enfermidades, é a Doença Renal Crônica (DRC), que de acordo com a Boehringer Ingelheim Saúde Animal, pode atingir de 35% a 50% dos animais quando chegam à meia idade ou são considerados idosos.

A doença, conforme se desenvolve no organismo do gato, é responsável pela perda de proteína pelos rins, o que contribui para a progressão, diminuindo a expectativa de vida do animal, chegando a uma taxa de mortalidade de até 57%.

De acordo com a dra. Karin Botteon, médica-veterinária e especialista da Boehringer Ingelheim Saúde Animal, a DRC é definida pela presença de anormalidades funcionais e/ou estruturais dos rins, que persistem por mais de três meses. As causas variam de anormalidades congênitas, pielonefrite, doença imunomediada, cálculos, hipercalcemia, neoplasias, entre outras.

Já os sinais clínicos apresentados, são mais comuns a poliúria primária, polidipsia compensatória, inapetência, perda de peso e letargia. Em estágios mais avançados da doença, podem ocorrer sinais relacionados ao trato gastrointestinal, como vômitos, úlceras orais, halitose e constipação.

Segundo a especialista, para diagnosticar a doença o médico-veterinário baseia-se principalmente no histórico, exames físico, de sangue e de urina. Os marcadores utilizados para avaliar a função renal são a ureia e a creatina, mensurados pelo exame de sangue. Com relação à perda de proteína pelos rins, é necessário avaliar a relação da proteína/creatinina urinária. A proteinúria, em especial, contribui significativamente com a progressão da DRC, além de diminuir a expectativa de vida dos gatos com a doença, por isso é tão importante detectar esta alteração o quanto antes, afirma a médica-veterinária.

Para tratar, a Boehringer Ingelheim Saúde Animal tem em seu portfólio o Semintra, bloqueador do receptor de angiotensina. O medicamento é indicado para redução da proteinúria associada à DRC e tem como princípio ativo a telmisartana. “O Semintra auxilia na redução da progressão da doença e consequentemente pode contribuir com o aumento da expectativa de vida do animal enfermo. O bem-estar animal é a nossa principal preocupação”, conclui Karin. 

Fonte: A.I, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.