Assine

Cães se tornam menos ansiosos quando dormem junto dos tutores

Pesquisa realizada por questionário foi respondida por 60 mil pessoas

O quão bem um tutor pode se sentir ao chegar em casa após um dia cansativo de trabalho e encontrar seu pet a recepcioná-lo. Há tempos é sabido que a relação é benéfica para os humanos. Mas o que um estudo recente, realizado pelo especialista em comportamento animal da Cão Cidadão (São Paulo/SP), Alexandre Rossi, mostra é como isso também é positivo para os cães.

Isso porque, segundo a pesquisa, o comportamento desses pets pode ser diferente dos que não mantêm uma proximidade com seus tutores. O mote central do estudo é relativo aos hábitos noturnos, os animais que dormem junto aos seus tutores tendem a apresentar comportamentos menos agressivos.

“Sabemos que expressar esses comportamentos, especialmente aqueles mais comuns, como os sintomas de ansiedade de separação e agressividade, são fatores diretamente relacionados ao abandono e, até mesmo, à eutanásia de cães”, afirma Rossi.

cao_cama
Pesquisa ainda está em desenvolvimento e
pode sofrer alterações (Foto: reprodução)

O estudo analisou esta relação comportamental do cão que mantém essa proximidade com o tutor. Para conduzir esta pesquisa, foram utilizados os dados coletados a partir de um questionário que incluiu, entre várias questões, o local onde o pet dormia durante a noite.  Além disso, o questionário também fez perguntas sobre a frequência com que os cães destruíam objetos da casa, latiam muito ou faziam necessidades em locais indesejados quando deixados sozinhos em casa, sintomas característicos da ansiedade de separação.

As perguntas foram disponibilizadas na página no Facebook da Estopinha, de forma que os tutores que costumam acessá-la tiveram a oportunidade de participar espontaneamente da pesquisa. Ao todo, mais de 60 mil pessoas responderam ao questionário.

“Estamos verificando que os comportamentos indicativos de ansiedade de separação e de agressividade nos cães estão, de fato, relacionados à proximidade entre eles e seus tutores enquanto dormem à noite”, conclui Rossi.

O fato de dormirem dentro de casa, segundo a pesquisa, também proporciona uma melhora comportamental nos cães, que apresentam menos sinais de ansiedade. Alguns estudos futuros também poderão esclarecer melhor as possíveis causas dessas associações e a razão de serem diferentes para o comportamento dos cães que fazem necessidades em locais inadequados quando são deixados sozinhos em casa.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.