Assine

Calicivirose felina é contagiosa e não possui tratamento específico

Para evitar transmissões, diagnóstico e controle precoces são fundamentais

Caracterizada como uma doença respiratória clássica, o calicivírus felino é um patógeno respiratório altamente contagioso para os gatos. O vírus é classificado como um Vesivirus da família Caliciviridae, é pequeno e sem envoltório, o que o torna resistente ao ambiente. E é por conta dessa resistência que o animal não precisa estar imunodeprimido para adquiri-la. 

De acordo com a médica-veterinária, pós-graduanda em Medicina Clínica de Felinos e sócia-proprietária do consultório CatVet, em Sorocaba (SP), Roberta Lima Cavalcante, o vírus é disseminado por secreção da orofaringe, conjuntivas e nariz, quando um gato contaminado entra em contato com outro. “Não há predisposição racial, mas afeta mais os animais que são expostos à grande população, como em gatis ou na rua. Uma fonte importante de infecção são animais portadores assintomáticos, que eliminam o vírus continuamente. Estes podem eliminar o vírus por meses a anos ou até o resto da vida”, comenta. 

Os sinais, segundo a profissional, podem variar de doença leve do trato respiratório superior a uma pneumonia viral até doença sistêmica letal. Também ocorre secreção ocular, mas não úlceras de córnea e, sim, bucais. “Lesões típicas vesiculares e ulcerativas da cavidade bucal, lábios e narinas também são recorrentes”, diz. 

A médica-veterinária garante que, muitas vezes, há como fazer o diagnóstico precoce da doença. “Sabemos que a maioria dos gatos são soropositivos para a doença, em grandes populações é preciso identificar quem está com os sintomas. Deve-se adquirir amostras em swabs de secreção orofaríngea para detecção. É importante, também, levar em conta a existência de ulcerações bucais graves, pois esse é um indicador clínico importante”, esclarece. 

Leia aqui a reportagem completa na edição de maio da C&G VF. 

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.