Assine

CFMV alerta sobre a importância de escolher um curso de qualidade

Atualmente, existem 397 cursos de Medicina Veterinária no País

O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) alerta os futuros egressos para que, antes de se matricular em uma instituição de ensino, certifiquem-se sobre a modalidade e qualidade do curso de Medicina Veterinária. 

Segundo o Censo da Educação Superior, em 2017, o Brasil possuía 269 cursos de Medicina Veterinária, com 36.547 vagas, sendo 78,32% ocupadas. Nesses cursos, estavam matriculados 93.964 estudantes, formando 9.073 egressos naquele ano. Atualmente, existem 397 cursos de Medicina Veterinária no País, alguns deles ofertados na modalidade de Educação a Distância (EaD) e no período noturno. “Nenhum País do mundo que tenha a educação como prioridade oferta cursos de Medicina Veterinária nessas modalidades”, alerta o presidente da Comissão Nacional de Educação da Medicina Veterinária (CNEMV/CFMV), Rafael Mondadori. 

O posicionamento do CFMV é que a formação profissional do médico-veterinário exige um sólido desenvolvimento teórico e prático. Para combater a proliferação indiscriminada dos cursos e estimular a qualidade de formação dos profissionais e serviços prestados à população, o Conselho publicou a Resolução nº 1.256/2019. Sem a inscrição no Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV), quem tiver concluído o curso a distância fica impedido de exercer a profissão em todo o País. E os profissionais que ministrarem disciplinas ou estiverem envolvidos na gestão dos cursos a distância estão sujeitos a responsabilização ético-disciplinar. 

O presidente da CNEMV dá a dica: “Se você quer saber quais os parâmetros para um curso de qualidade, consulte o Instrumento de Avaliação de Cursos de Medicina Veterinária e se a instituição de ensino tem o selo de acreditação do CFMV, que representa o reconhecimento formal da competência de programas de ensino de Medicina Veterinária de uma determinada instituição, para realizar as tarefas de educação, treinamento e avaliação dos estudantes, segundo requisitos de excelência pré-estabelecidos”. 

Aprimoramento. O CFMV lança, em 6 de maio, o edital do III Ciclo de Acreditação dos Cursos de Medicina Veterinária. A iniciativa vai avaliar a qualidade dos cursos de graduação, em prol da melhoria constante, e de tornar públicos os critérios de avaliação estabelecidos pelo Conselho. O processo é voluntário e não substitui o reconhecimento já realizado pelo Ministério da Educação (MEC). 

Fonte: CFMV, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.