Assine

Contato com cães pode colaborar para a formação de líderes

Pesquisa observou habilidades de gestão, disciplina e outras entre tutores

A construção de uma carreira profissional exige diversos passos, mas além de formação e experiência, um fator diferenciado pode proporcionar um senso melhor de liderança: a relação com um cão. É o que aponta uma pesquisa da Kelton Research, realizada para o Banfield Pet Hospital.

Segundo o estudo, habilidades relacionadas à gestão podem ser aprendidas com um cão. A companhia também pode estimular o carinho e a empatia, o contato com o cachorro ainda leva seus donos a ter mais responsabilidade. O levantamento, realizado com 857 norte-americanos, destacou que o animal é capaz de desenvolver nos humanos, habilidades como disciplina (92%) e organização (79%).

cachorro_escritorio_reproducao
60% dos entrevistados que possuem cães garantem
que se relacionam melhor com os
colegas do trabalho (Foto: reprodução)

O levantamento mostra que 93% dos executivos norte-americanos cresceram com um animal de estimação — 83% deles tinham um cachorro. Além disso, 78% dos líderes atribuíram, parcialmente, o sucesso da carreira à criação do cão.  "Reconhecemos há muito tempo o vínculo especial entre as pessoas e seus animais de estimação, bem como o impacto positivo que os pets têm em nossa sociedade", diz o presidente do hospital veterinário, Brian Garish.

A pesquisa também revelou que 86% dos executivos administram melhor o tempo e são capazes de ser multitarefa, por causa da influência de seus animais de estimação. 80% se sentem mais ligados aos amigos que também têm cachorros.  “Nossa pesquisa nos leva a crer que os animais de estimação podem nos ajudar em nossa formação como seres humanos", afirma Garish.

Fonte: Época Negócios, adaptado pela equipe Cães&Gatos.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.