Assine

Empresas do setor apoiam centro de terapia assistida por pets

Instituto promoverá intervenções para potencializar a evolução de crianças

O serviço de terapia assistida por animais que já existe em São Paulo (SP), ganha uma nova sede em Londrina (PR): o Centro de Reabilitação do Instituto Brasileiro de Educação e Terapia Assistida por Animais (IBETAA), onde será disponibilizado atendimento gratuito para crianças que apresentam disfunção de ordem cognitiva, emocional ou físico-motora, com a participação de  cães e gatos de terapia como instrumentos facilitadores no ambiente clínico,  promovendo os benefícios biopsicossociais decorrentes da interação humano-animal.             

O grande diferencial do serviço a ser disponibilizado à população, segundo a diretora Técnica do IBETAA, Luciana Issa, é a inserção do cão como "coterapeuta", ao lado de profissionais das áreas da saúde e da educação, de maneira a alcançar pacientes que, no atendimento convencional, não evoluem.  “Outro benefício que podemos citar se refere ao tempo de evolução do assistido, ou seja, maior progresso em menor tempo, tendo como base a motivação do paciente gerada pelo vínculo humano-animal”, explica. 

Graças ao apoio de empresas como Royal Canin e Boehringer Ingelheim, com o antiparasitário Frontline, o IBETAA pode contribuir para o bem-estar de crianças que precisam de suporte clínico e terapêutico gratuitamente. A população local poderá usufruir dos benefícios oferecidos pelo Instituto que, incialmente, alinhará com órgãos do poder público municipal e com a Vara da Infância e Adolescência questões relacionadas ao encaminhamento de crianças e adolescentes que se encontram em vulnerabilidade social e necessitam de atendimentos psicológico, psicopedagógico clínico e psiquiátrico.

O Instituto tem o objetivo de criar parcerias com hospitais filantrópicos, com a rede pública de saúde e instituições de apoio à criança para oferecer gratuitamente o trabalho de humanização do ambiente e promover os benefícios do serviço de cães terapeutas aos assistidos. “Abraçamos a causa por valorizar e saber dos incríveis benefícios da interação humano-animal. Potencializar a evolução de crianças utilizando os pets como facilitadores desse processo é algo simplesmente inovador no Brasil. Por isso, a Royal Canin apoia o IBETAA há bastante tempo com o trabalho que já é realizado na cidade de São Paulo. Este foi um passo a mais em nossa parceria”, reforça a diretora de Assuntos Corporativos da Royal Canin Brasil, Carolina Padovani. 

De acordo com o gerente de Marketing para Ectoparasiticidas em Animais de Companhia da Boehringer Ingelheim Saúde Animal, Bruno Gallerani, a parceria com o IBETAA reflete o compromisso da empresa com o bem-estar e o cuidado com a saúde dos animais e humanos. “Nós acreditamos na Cinoterapia como ferramenta propagadora de bem-estar a todos os envolvidos e o trabalho que o IBETAA vem fazendo é excepcional neste aspecto.  É gratificante presenciar os resultados que as visitas dos cães aos pacientes proporcionam, fazendo com que acreditemos ainda mais na relação de amor entre humanos e animais”, diz. 

A população também poderá participar ativamente do Centro de Reabilitação, junto com seus pets. De acordo com o diretor Presidente do IBETAA, Carlos Pires, o Instituto criará em Londrina o Programa Voluntariado para que as pessoas possam contribuir e atuar com seus pets na rede parceira de hospitais, promovendo a humanização do ambiente hospitalar e levando os benefícios da interação humano-animal aos pacientes.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.