Assine

Encantador de Cães lança livro com lições de convivência com os pets

Obra mostra como o cão pode enriquecer a vida de seus tutores

Os cães não são considerados apenas os melhores amigos do homem, na visão do apresentador do programa O Encantador de Cães, Cesar Millan, mas, sim, “mostram a melhor versão de nós mesmos”, como ele diz. No livro "Histórias de cães que mudaram a minha vida", Millan utiliza todas as suas experiências para mostrar como os animais conseguem transmitir valiosas lições de vida. 

Para o especialista, há uma tendência em querer que o animal se comporte como um humano, a partir do momento em que ele é adestrado para atender comandos, mas não há uma preocupação em entender os instintos do cão, que escondem verdadeiros exemplos de moral. 

O apresentador afirma, então, que chegou a hora de enxergar os cães como professores. “Passei muitos anos falando sobre líderes e seguidores. Mas devemos seguir os cães ao adotarmos sua visão de mundo, seu estilo de vida e seus valores (que são valores de matilha). Os cães têm vidas sem egoísmo, sempre colocando o bem-estar do grupo em primeiro lugar. Como vivem o momento, não se prendem às pequenas coisas e ignoram o que é importante para eles”, declara. 

A obra apresenta, a cada capítulo, os principais traços que permitem que esses animais aproveitem ao máximo suas vidas e revela como aplicar esses valores para enriquecer a jornada do ser humano. 

Para isso, Millan expõe oito lições básicas: começa pelo respeito, pilar essencial para que haja uma conexão com as pessoas ao redor; liberdade para uma vida equilibrada e sobre “viver sem coleira” dos limites e medos; confiança, que é, para ele, a faísca para desenvolver autoestima e os cães ajudam a encontrar força intuitiva dentro de cada um; autenticidade, que torna possível aprender a ser verdadeiro e estar ciente dos instintos; perdão, valor essencial que os cães transmitem; sabedoria dos cães, sexta lição, descreve sobre os valores da compaixão e empatia; ser adaptável, uma característica marcante dos cachorros; e, por fim, aceitação, que convida os tutores a serem tão abertos às novidades quanto seus filhotes. 

Segundo o profissional, na contramão de outros livros sobre comportamento canino, a obra combina os animais de estimação com o crescimento pessoal para ensinar a encontrar a felicidade e satisfação por meio do companheirismo do animal. 

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.