Assine

Especialista defende o uso de medicamentos à base de canabidiol

Remédio com a substância auxilia na melhora da qualidade de vidas dos pets

Mesmo que ainda esteja em trabalho de inclusão e aceitação no Brasil, remédios à base de maconha estão se mostrado cada vez mais eficazes no tratamento de doenças crônicas como autismo e Alzheimer. Mas o que ainda é pouco divulgado, é que esses remédios também auxiliam na melhora da qualidade de vidas dos pets.

De acordo com o Sócio fundador da DrogaVET, Flávio Pigatto, medicamentos com a substância canabidiol (CDB), encontrada na Canabis sativa, planta utilizada na produção da maconha, proporciona excelentes resultados a vida dos animais, principalmente em tratamentos neurológicos, imunológicos, dermatológicos e oftalmológicos.

Países como Espanha, Estados Unidos e Reino Unido já usam medicamentos com CDB e a cada dia mais casos comprobatórioas de funcionalidade tem surgido.  No Brasil, de acordo com os números divulgados pela Anvisa, que o legalizou e classificou como um medicamento não psicoativo, de 2015 a 2019 a demanda pela importação teve um aumento de 700%.

Com as frequentes dúvidas ao uso, Flávio esclarece que os estudos científicos comprovaram que o CBD não gera qualquer dependência química ou psíquica e que ele não pode ser confundido com o THC, que é a substância entorpecente encontrada também na Cannabis sativa.

O debate do assunto entres os médicos veterinários e farmacêuticos é muito importante para que entendam as aplicabilidades para aumentar o acesso. "É algo muito impactante, pois estamos diante de uma substância inovadora cujos estudos têm evoluído muito e os resultados práticos têm sido excelentes, permitindo ao médico veterinário orientar tratamentos eficazes e com entrega de mais saúde e bem-estar aos animais.", afirma Flávio. 

Fonte: Canal do Pet, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.