Assine

Estomatite felina: Saiba como identificar os sinais apresentados pela doença

Segundo veterinária, o problema envolve uma combinação de agentes infecciosos e virais e/ou uma resposta imune anormal

A estomatite felina ou complexo gengivite estomatite, ainda não possui causa conhecida, contudo, alega-se que o problema surge da combinação de agentes infecciosos e virais e/ou por intermédio de uma resposta imune anormal. Questões explicadas pela médica-veterinária autônoma, que trabalhou na clínica Vetmasters (especializada em felinos) por 12 anos, Lilia Wang.

Segundo a médica-veterinária, a estomatite ou complexo gengivite estomatite é uma inflamação que ocorre da faringe: mucosa de gengiva; oral ou palato: fauces; ou língua. “A estomatite é uma doença e sua exata causa ainda é desconhecida e, provavelmente, multifatorial, envolvendo uma combinação de agentes infecciosos e virais e/ou uma resposta imune anormal.”

Entre os sinais apresentados, nota-se halitose, ptialismo, dor, disorexia ou dificuldade de apreensão do alimento, perda de peso e também um ato diferente no comportamento do animal, o pet pode ficar “pateando” a boca como se estivesse tentando tirar algo da cavidade oral.

Ainda de acordo com ela, algumas raças são mais predispostas, como por exemplo, o siamês, maine coon, abissínio e persa. Além disso, o problema é comumente ligado aos gatos de meia idade. “A estomatite pode estar associada a várias infecções virais, tais como o calicivírus felino e o vírus da imunodeficiência felina (FiV). Ela pode se desenvolver sob forma de doença imunomediada e a inflamação ocorre secundariamente à resposta deficiente ou exagerada à placa bacteriana e suas toxinas”.

Quer saber mais sobre o problema, principalmente como preveni-lo? Leia na editoria Felinos (estomatite), da edição de junho da C&G VF.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.