Assine

Estudo avalia se cães podem detectar câncer em outros cães

Objetivo é saber se animais podem ser utilizados como método de diagnóstico

Vários estudos científicos já conseguiram confirmar que os cães são capazes de detectar a presença de algumas doenças em humanos, nomeadamente doenças oncológicas. Agora, um grupo de investigadores estuda a possibilidade de estes animais conseguirem apontar doenças oncológicas em outros cães. 

A investigação está sendo conduzida por investigadores da Faculdade de Medicina Veterinária, da Universidade Estadual da Carolina do Norte, nos EUA, e visa perceber se os cães têm a capacidade de detectar a presença de câncer em outros animais da mesma espécie. O objetivo, de acordo com os cientistas, é perceber se os cães podem ser utilizados como método de diagnóstico para o cancro canino. 

Até agora, os investigadores já recolheram amostras de vários tipos de cancro e apresentaram-nas a um grupo de cães que era premiado sempre que selecionava a amostra de um animal com o problema, distinguindo-os das amostras do grupo de controle, sem doença. 

Os autores dizem que os resultados sugerem que os cães têm capacidade de aprender a detectar determinados odores por meio de testes de discriminação olfativa. Estes resultados sugerem, ainda, que a utilização de cães para detecção de cancro de outros cães por meio do olfato continua sendo um desafio clínico significativo, sobretudo devido à variação de cheiros. 

Conheça o estudo em detalhe aqui. 

Fonte: Veterinária Atual, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.