Assine

Estudo: Diagnósticos radiográficos via smartphone são confiáveis?

Precisão do radiologista em casos de edema pulmonar via celular foi de 94,1%

Os smartphones podem ser uma ferramenta útil para a interpretação radiográfica veterinária, revelou um estudo realizado pela Universidade Federal do Paraná e publicado no Journal of Small Animal Practice. 

O uso de smartphones pode, segundo a investigação, permitir o diagnóstico do edema pulmonar cardiogênico de forma fiável por meio de radiografias torácicas visualizadas em um smartphone, o que pode acelerar o tratamento e melhorar o resultado final para os pacientes, principalmente quando o veterinário não se encontra no local. 

O estudo incluiu casos admitidos entre janeiro de 2012 e dezembro de 2016. Foram analisadas radiografias torácicas de 121 cães com e sem edema pulmonar cardiogênico. A pesquisa foi dividida em duas fases e as imagens foram interpretadas por dois observadores: um radiologista e um cardiologista. 

Na primeira fase, as imagens foram enviadas em formato JPEG para interpretação por meio de um smartphone. Na segunda fase, as imagens DICOM foram interpretadas no posto de trabalho padrão, por um visualizador DICOM. 

A precisão do radiologista no diagnóstico de edema pulmonar via smartphone foi de 94,1% para imagens DICOM e 90,7% por meio de JPEG. A precisão do cardiologista foi de 89,5% para imagens DICOM e 90,6% para as análises realizadas por JPEG.  

Estudos anteriores. Os resultados deste estudo são consistentes com pesquisas anteriores: uma pesquisa semelhante revelou que obstruções mecânicas do intestino delgado poderiam ser diagnosticadas a partir de imagens JPEG de radiografias abdominais por meio de um smartphone. 

O editor do Journal of Small Animal Practice, Nicholas Jeffery, acrescentou: “Estas descobertas são tranquilizantes. Em circunstâncias fora do local, particularmente nas que a avaliação e interpretação imediatas são necessárias, o uso de smartphones pode acelerar o processo de tomada de decisão e melhorar os resultados dos pacientes”. 

Avaliar radiografias veterinárias é apenas uma das potencialidades dos ‘telemóveis inteligentes’. Em 2018, a CAT lançou um smartphone que permitia aos produtores pecuários localizar animais perdidos e identificar os mais vulneráveis. 

Fonte: Veterinária Atual, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.