Assine

Fraturas dentárias interfere na saúde e qualidade de vida dos pets

Problema pode ser ocasionado por brinquedos e petiscos escolhidos erradamente

Muitas vezes banalizadas, as fraturas dentárias podem ser acarretadas por brinquedos e petiscos escolhidos erradamente. Com isso e para evitar o problema, é muito importante que profissionais da Odontologia Veterinária oriente o tutor sobre a questão, evitando maiores dificuldades.

O problema, que além de causar dor, também pode ter consequências para a saúde e qualidade de vida do animal, como apontam alguns profissionais do setor, como o médico-veterinário do OdontoZoo (Brasília/DF), Marcello Rodrigues da Roza.  De acordo com ele, “a persistência da fratura, sobretudo aquelas que chegam ao canal do dente, sem tratamento pode ter consequências graves, como infecções locais e até mesmo alterações sistêmicas”.

Já segundo a médica-veterinária responsável pelo Serviço de Odontologia e Cirurgia Oral do Hospital Veterinário Pet Care, Fernanda Maria Lopes Kubitza, um dente fraturado precisa ser avaliado e tratado da forma adequada. “A maioria das fraturas dentárias em cães e também gatos acaba expondo a dentina, substância que compõe a maior parte do dente. Esta estrutura é toda perfurada, repleta de canais que chegam até a polpa, que é a parte viva do dente. Assim, torna-se uma porta de entrada para bactérias e outros agentes, causando dor e levando à contaminação do dente e tecidos ao redor e para todo o organismo”, afirma, completando que como resultado, o dente acaba morrendo e pode formar um abscesso.

Para saber como prevenir, tratar e lidar com o problema, leia a matéria de capa completa na edição de fevereiro da C&G VF. Acesse aqui

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.