Assine

Gata tem a vida salva após doação de sangue de um cão

Xenotransfusão é um procedimento raro na Medicina Veterinária

Ellie, uma gata de apenas quatro semanas com anemia grave, foi salva por uma transfusão de sangue realizada de emergência a partir de uma cadela doadora. O caso aconteceu na clínica britânica Vets Now, em Gateshead, no Reino Unido, e o nome da “heroína” canina é Bella. 

A xenotransfusão foi apenas provisória, com o objetivo de manter Ellie viva até que se encontrasse um doador felino correspondente. Os médicos-veterinários de emergência e os enfermeiros da Vets Now foram forçados a agir depois de verificarem que Ellie se apresentava sem glóbulos vermelhos e com a gengiva branca. 

Sem sangue felino compatível disponível, a enfermeira veterinária Helen Spry administrou a transfusão a partir do seu próprio cão, Bella, que atuou como doador de sangue. “Ellie sofria de anemia grave. Transfusões de sangue entre duas espécies não são comuns, mas, se não o fizéssemos, ela teria morrido – então, não tínhamos nada a perder”, explicou a líder clínica distrital da clínica Vets Now Gateshead, Sara Jackson. 

Por meio de um apelo de uma instituição de caridade, depois foi encontrado um dador felino compatível para a pequena gata. 

Fonte: Veterinária Atual, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.