Assine

Halloween: cruzar com humanos supersticiosos pode dar azar

Tutores de gatos pretos precisam redobrar a atenção com a segurança do pet

As superstições comuns no Halloween e nas sextas-feiras 13 fazem parte da cultura popular, entretanto, algumas ideias exigem reflexão sobre suas possíveis consequências. Uma delas é a de que os gatos pretos dão azar. A crença leva muitos animais a serem vítimas de maus-tratos nessa época.

Mas de onde vem essa ideia? O hábito noturno destes animais fez com que a crença surgisse ainda na Idade Média, quando os povos associavam o gato preto às trevas. No século 15, o animal chegou a ser incluído na lista de Inquisição do papa Inocêncio VIII.

Na época, a Igreja católica promovia campanha assassina contra supostas heresias e bruxarias. Já o paganismo considera o gato como figura de sabedoria e proteção. Outras culturas, como na Escócia, por exemplo, acreditam que o gato preto no alpendre traz prosperidade.

gato-preto
ONGs de proteção aos animais também precisam estar alertas
com a procura repentina por gatos pretos (Foto: reprodução)

As lendas fazem acender um alerta para o cuidado especial com os animais nessa época. Atualmente, muitos gatos pretos são usados em rituais de magia.

É importante também que as organizações que protegem esses animais fiquem atentas ao interesse repentino por animais da cor negra. As práticas de maus-tratos são consideradas crime ambiental e passíveis de punições.

Fonte: Estadão, adaptado pela equipe Cães&Gatos.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.