Assine

Lacrimejamento excessivo causa mancha na face dos animais

Profissional conta como tratar o problema causado pela epífora

Diversos animais de companhia, principalmente cães, possuem uma mancha abaixo dos olhos, como se fosse uma espécie de olheira. Essa coloração avermelhada, por vezes acobreada, é chamada cromodacriorreia e deixada na pelagem do animal por conta da epífora, o lacrimejamento excessivo. 

De acordo com o médico-veterinário, especializado em Oftalmologia, Thiago Alegre Coelho Ferreira, erroneamente, as pessoas chamam a epífora de ‘lágrima ácida’. “Esta condição não ocorre por conta de alterações no pH da lágrima que, por vezes, pode ser levemente básica. Devemos esquecer esse termo”, destaca. 

Ferreira conta que o pet que desenvolve a cromodacriorreia é portador de afecções que levam a alterações no escoamento da lágrima ou ao aumento da produção da mesma, por doenças que causam irritação crônica dos olhos. “O primeiro caso, normalmente, está relacionado com a má formação das vias lacrimais e/ou obstrução das mesmas por doenças dentárias ou infecciosas. O segundo é relativo a doenças crônicas irritativas, como cílios ou pelos que crescem em direção aos olhos; alergias; infecções/inflamações intraoculares, dentre outras causas”, diz. 

Segundo ele, pelo fato de a lágrima possuir pigmentos como porfirinas, lisozimas e lactoferrina, a oxidação e metabolização por bactérias presentes na pele e no pelo levam à coloração. 

Para obter um diagnóstico, o veterinário explica que o paciente deve ser examinado por testes que visam avaliar a patência das vias lacrimais, bem como possíveis doenças que possam estar aumentando a produção lacrimal e consequente extravasamento. 

Leia a reportagem completa na edição de janeiro da C&G VF. 

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.