Assine

Ovo: alimento é rico em vitaminas, minerais e antioxidantes para pets

Médica-veterinária afirma que trata-se de uma excelente opção de petisco

Nos últimos anos, a oferta de ovos para cães se tornou usual principalmente pelo aumento da demanda por dietas com alimentos naturais. A afirmação é da médica-veterinária e nutricionista Juliana Frias, que realiza projetos em parceria com o Instituto Ovos Brasil para a divulgação dos valores nutricionais deste alimento. 

“Os tutores de pets estão cada vez mais cuidadosos com a alimentação”, afirma a profissional que também tem outras especializações, como Terapia Nutricional, Nutrição Esportiva e Vigilância Sanitária de Alimentos, além de experiência na área de produção animal.   

Juliana conta que a maioria dos cães ama comer ovos. “Essa ótima aceitação está tornando o ovo um alimento habitual nas dietas com alimentos naturais. O ovo é uma excelente alternativa como petisco. É extremamente prático no seu preparo, além de ser uma opção de alimento saudável e ótima fonte de proteína, inclusive, barata e acessível”, afirma. 

Valores nutricionais. A veterinária lembra que o ovo é um alimento rico em vitaminas, minerais e antioxidantes, se destacando pela grande quantidade de proteínas de alto valor biológico que confere uma alta digestibilidade, o que significa um grande aproveitamento por parte do organismo dos cães. “A proteína é um nutriente vital para os filhotes, auxiliando na formação de tecidos corporais (pele, músculos e pelo). É extremamente importante que a quantidade de proteína ofertada ao longo da vida do cão seja efetiva, pois, além de auxiliar no crescimento e desenvolvimento, as proteínas também desempenham papel importante na formação de anticorpos”, explica. 

Os ovos, segundo ela, possuem grande quantidade de aminoácidos essenciais, que são aqueles que o organismo não sintetiza, ou seja, eles devem estar presentes na dieta de forma balanceada para que sejam garantidos e esse alimento pode substituir os snacks. 

Além disso, Juliana Frias conta que acrescentar ovo misturado na ração pode ser uma estratégia muito interessante para algumas situações clínicas, tais como, ausência de apetite e complementação no aporte proteico quando a formulação da ração não atinge as necessidades do organismo.  

O indicado é cozinhar os ovos para maior segurança do pet, porém, é possível ofertar ovo cru, com a validação do seu veterinário. As cascas são extremamente ricas em minerais, disponibilizando grande quantidade de cálcio, principalmente, para cães com dificuldade de comer ossos. Basta secar as cascas e triturá-las em um triturador ou liquidificador até que elas estejam em pó. Use esse pó para polvilhar na comida do seu cão. “É importante lembrar que sal ou nenhum outro tempero deve ser utilizado”, finaliza.  

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.