Assine

Pesquisa: 9 em cada 10 pessoas querem um pet no ambiente de trabalho

Entrevistados indicaram que a atitude traz motivação para os funcionários

Ficar ao lado de um animal de estimação no trabalho seria o melhor dos mundos e é o desejo de muitas pessoas que possuem cachorro. Segundo uma pesquisa realizada pela DogHero, com mais de 700 participantes, mais de 90% gostaria de trabalhar em um ambiente pet friendly ou aprovaria a possibilidade de levar seu cão para o trabalho. 

O levantamento apontou que até mesmo quem não possui um animal de estimação em casa gosta da ideia de conviver com um cachorro no ambiente corporativo. Além disso, 68,15% desse grupo acredita que atuar em locais onde cães são aceitos facilitaria a adoção. 

E os benefícios dessa convivência são vários: uma pesquisa realizada pelo Hospital Veterinário de Banfield, da Mars Petcare, mostrou que sete em cada dez entrevistados consideram que os pets no trabalho geram uma mudança extremamente positiva. 

As pessoas indicaram que a atitude traz motivação para os funcionários, reduz o estresse e diminui o sentimento de culpa por deixar o pet em casa. Os resultados da DogHero indicaram que 86,26% se sentiriam tristes e 66,4% preocupados de não poder levar seu cachorro para o trabalho. 

No Brasil, algumas empresas implementaram o pet day, dia em que os funcionários podem levar seus animais de estimação para a companhia. No entanto, segundo o levantamento do aplicativo, mais de 80% dos entrevistados afirmaram que não podem levar seus filhotes para o ambiente corporativo. 

"O levantamento só referendou aquilo que já sentíamos no nosso dia a dia: o brasileiro ama cachorro e gosta de tê-lo por perto em todos os ambientes, inclusive no trabalho. A nossa vivência no escritório comprova que é possível tornar real esse desejo dos trabalhadores e que isso é benéfico não apenas para eles, mas também para os peludos", diz o CEO da DogHero, Eduardo Baer. 

Fonte: Estadão, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.