Assine

Pesquisa: tutores não reconhecem todos os comportamentos do pet

Falta de conhecimento atrapalha na oferta dos requisitos básicos para o bem-estar do animal

Um estudo conduzido pela diretora do Centro Internacional Jeanne Marchig de Educação para o Bem-Estar dos Animais da Universidade de Edimburgo, na Escócia, pela professora de Comportamento e Bem-Estar Animal, Cathy Dwyer, buscou saber se os tutores sabem sobre as necessidades relacionadas ao bem-estar dos animais.

A pesquisa identificou que os eles e os tratadores de animais podem não ser bons em reconhecer suas necessidades ou identificar comportamentos indicativos de dor ou problemas e bem-estar. “Isso, provavelmente, ocorre porque não há restrições para a aquisição de animais e alguns tutores podem optar por comprar um animal com pouco conhecimento ou pesquisa anterior sobre as necessidades dele (o que come, quais são seus comportamentos, suas condições de vida, etc. )”, explica Cathy Dwyer.

Ainda segundo ela, os pets podem ser comprados por vários motivos, como estéticos ou porque são populares entre outras pessoas/influenciadores e não porque se adaptam bem ao estilo de vida do tutor ou porque se tem algum conhecimento sobre como cuidar da espécie.

Para Cathy, é impossível cuidar bem de um animal sem entender seus requisitos básicos de alimentação, conforto, comportamento e meio ambiente. “O comportamento é a melhor ferramenta que temos para saber se o animal está indo bem no local em que o mantemos, então, entender as respostas comportamentais básicas deste pet é realmente importante para sermos capazes de cuidar bem dele”.

Leia a reportagem completa na edição deste mês da C&G VF. Acesse aqui.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

LEIA TAMBÉM:

Humanização dos animais resulta em dietas desequilibradas

Cruzamento induzido: qual o preço pago na busca pelo gato perfeito?

Atualmente, o Lulu da Pomerânia é a raça de cão mais popular do Brasil

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.