Assine

Pesquisadores afirmam: cães podem não ser tão inteligentes

Revisão de estudos mostra casos de “interpretação excessiva” a favor das espécies

Os cães podem não ser tão inteligentes quanto pensamos. Sabemos que a espécie está sempre do lado de seus tutores, parece saber quando eles estão tristes e consegue até fazer truques incríveis, mas ele não é mais esperto que outros animais, sejam domésticos ou selvagens.

Quem afirma isso são os pesquisadores ingleses Britta Osthaus, da Escola de Psicologia, Política e Sociologia da Universidade Christ Church de Canterbury, e Stephen Lea, da Universidade de Exeter (Reino Unido).

Os profissionais examinaram mais de 300 artigos sobre a inteligência de cães e outros animais, e encontraram vários casos de “interpretação excessiva” em favor das habilidades dos cães. “Durante nosso trabalho, pareceu-nos que muitos estudos em pesquisa de cognição canina tinham como objetivo 'provar' como os cães são inteligentes”, disse Lea. Eles são, frequentemente, comparados aos chimpanzés e sempre que os cães “ganham”, isso é adicionado à sua reputação como algo excepcional, na visão da pesquisadora.

No entanto, quando a comparação é com outras espécies de animais domésticos e com animais que são caçadores sociais carnívoros, como as hienas, lobos e leões, a cognição do cão, seja sensorial física, espacial ou social, além da autoconsciência, não se destaca. “Encontramos outras espécies de comparação que, pelo menos, fazem o mesmo nessas tarefas”, contou Lea. O pesquisador Osthaus ainda adiciona: “Considerando todos os três grupos, a cognição do cão não parece excepcional". 

Fonte: Galileu, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.