Assine

Pesquisas de estudantes são patrocinadas pelo Instituto PremieRpet

Patrocínio é voltado para estudos em clínica médica e nutrologia de pets

O Instituto PremieRpet, braço social da PremieRpet, trabalha, desde 2014, direcionando recursos provenientes da venda da linha de produtos PremieR Nutrição Clínica para financiar pesquisas em nutrição que visam beneficiar a saúde de cães e gatos. Esta iniciativa integra as diversas atividades do Instituto, que também incluem apoio a ONG’s, projetos sociais e atividades para disseminar conhecimento e práticas em relação ao manejo e cuidados com os animais. 

Quatro novas pesquisas acabam de ser aprovadas e irão receber o financiamento do Instituto, com um investimento total de, aproximadamente, R$ 150 mil nos próximos meses. Todas foram escolhidas pelo alto potencial de contribuição para o desenvolvimento da nutrologia e de aplicabilidade na rotina do clínico veterinário. 

Na Universidade Estadual de Maringá (UEM), a doutoranda Tânia Zóia Miltenburg, sob orientação do Prof. Dr. Ricardo Souza Vasconcellos, vai abordar as “Propriedades nutricionais e funcionais de farinhas de vísceras de aves obtidas por hidrólise enzimática na dieta de gatos”. Na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), um projeto de extensão da Profa. Dra. Bruna Agy Loureiro vai tratar da “Prevenção e tratamento da obesidade em cães e gatos: um novo serviço oferecido no Hospital Veterinário do CCA UFPB”. No CEPEN PET, na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ-USP), a mestranda Vivian Pedrinelli, sob orientação do Prof. Dr. Marcio Antônio Brunetto, vai abordar a “Determinação das concentrações de ácidos graxos em alimentos caseiros para cães e gatos adultos”. E, também na FMVZ-USP, o doutorando Kilder Dantas Filgueira, sob orientação do Prof. Dr. Archivaldo Reche Junior, vai tratar do “Valor prognóstico e preditivo da imunoexpressão de fatores pró e antiapoptóticos no linfoma alimentar felino”. 

O Prof. Dr. Archivaldo Reche Junior, da FMVZ-USP, defende a importância do financiamento privado para viabilizar os projetos e formar pesquisadores engajados. “A iniciativa do Instituto PremieRpet em patrocinar pesquisas é de importância ímpar nesse momento de profunda crise econômica que o País está atravessando, onde os auxílios ofertados pelos órgãos governamentais estão cada vez mais escassos e sem nenhuma previsão de melhora. Portanto, contar com a participação de empresas privadas na viabilização de projetos de pesquisa passa a ser fundamental. Essa é uma tendência já há muito explorada em outros países, mas ainda bastante restrita no Brasil”, afirma. 

Investimentos. Essas quatro pesquisas que acabam de conquistar patrocínio em 2019 se juntam a outros 17 trabalhos já financiados pelo projeto nos últimos anos, em nove diferentes universidade brasileiras. As iniciativas somam um investimento total de quase meio milhão de reais, direcionados a gerar conhecimento e inovação do segmento de nutrição de pequenos animais. 

Segundo a diretora de Planejamento Estratégico e Marketing Corporativo da empresa, Madalena Spinazzola, a PremieR acredita que é papel de todos os participantes do mercado fazer com que a nutrição assuma a importância que ela tem para a promoção da saúde e do bem-estar dos pets. “Por isso, realizamos esses investimentos permanentes para fomentar a pesquisa e a inovação na área. O Instituto trabalha sem fins lucrativos e foi criado como um braço social para direcionar os investimentos na geração de conhecimento científico”, esclarece.  

Segundo a executiva, o investimento vem aumentando e se diversificando a cada ano, abraçando desde Doutorado, Mestrado, Iniciação Científica e até Projetos de Extensão. “Na medida em que estimulamos os pesquisadores criando incentivos, financiamentos e até premiações, como fazemos anualmente, eles se sentem valorizados e reconhecidos pela sua atuação, o que fomenta um ciclo virtuoso de desenvolvimento em prol do conhecimento e da inovação no nosso segmento”, conclui. 

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.