Assine

Polícia encontra mais de 70 animais silvestres em clínica de Curitiba

Animais estavam em condições de maus-tratos e veterinários irão responder judicialmente

Mais de 70 animais silvestres foram flagrados mantidos de forma inadequada, sem autorização e com evidências de maus-tratos em uma clínica veterinária no bairro Batel em Curitiba (PR), dia 6 de janeiro, conforme a Polícia Civil. 

De acordo com o delegado Matheus Laiola, da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), a polícia chegou ao local depois de uma denúncia anônima. Entre os animais, estavam aves, cobras, aranhas, algumas espécies de iguanas, jabutis, macacos, lagartos, coruja, papagaio.

"Quando chegamos, uma médica-veterinária que é responsável pelo local estava presente e, depois, chegou o esposo dela, que também é veterinário. As condições eram extremamente degradantes, as tartarugas estavam em lodos fétidos e havia um periquito morto", disse o delegado Laiola. 

Segundo ele, os dois vão responder por manter animais silvestres em cativeiro e, também, por maus-tratos – cuja punição geralmente inclui multa ou prestação de serviços comunitários. Se condenados a pena é de seis meses a um ano de prisão. 

Laiola ainda afirmou que a lei não autoriza que os responsáveis sejam presos. Conforme o delegado, alguns dos bichos irão para criadouros e outros serão devolvidos para a natureza. Mas, por enquanto, a polícia vai manter os animais no local, que servirá de fiel depositário.

A Rede de Proteção Animal fez o trabalho inicial de contagem e irá analisar as condições de cada bicho. Laiola disse que a expectativa é de que todos sejam recolhidos até o fim de semana.

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Paraná (CRMV-PR) solicitou à DPMA da Polícia Civil do Paraná, nesta terça-feira (07), via ofício nº 04/2020, informações referentes à ação realizada na clínica. A Autarquia aguarda manifestação oficial para apurar possíveis infrações éticas cometidas pelos profissionais envolvidos, bem como irregularidades no estabelecimento.

Fonte: G1, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.