Assine

PremieRpet apoia ações do centenário da Veterinária da USP

Público pode conferir algumas mudanças, como modernização do Museu Histórico

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, da Universidade de São Paulo (FMVZ-USP), realizou, no dia 03 de setembro, mais uma série de atividades comemorativas do centenário da instituição e a PremieRpet está apoiando todas as ações.

Inaugurado em 2004, o Museu Histórico (MH) mantém um acervo com 300 peças que foram doadas por professores, pesquisadores, ex-alunos e funcionários da FMVZ. São documentos históricos, quadros, medalhas, equipamentos de laboratório, instrumentos clínicos, materiais didáticos, mobiliário, entre outros, que representam o cotidiano de ensino, pesquisa e extensão ao longo dos 100 anos do curso.

Para a reabertura, o museu foi reformulado e modernizado com apoio da PremieRpet e ficará aberto para visitação do público. Durante três meses, o acervo passou por restauro, conservação, higienização e catalogação, trabalho realizado por uma equipe técnica formada por mais de 10 especialistas. Diferentemente da sala que ocupava no primeiro andar do prédio administrativo da Faculdade, as novas instalações ficam no térreo, próximas à entrada principal do Bloco 17, com área de 110 m², climatizada, com mobiliários novos e mais adequados para expor e armazenar todas as peças de forma tecnicamente correta.

Segundo o chefe do museu, Mauricio Candido, para a mudança dos objetos para o novo espaço, foi fundamental a realização de uma triagem, envolvendo a catalogação e higienização de todas as peças. “Alguns objetos necessitaram de uma intervenção mais severa. Após esse procedimento, todo o acervo ficou mais seguro, garantindo sua maior duração,” explicou.

O MH também passa a incubar um laboratório de pesquisa histórica da Medicina Veterinária reunindo e preservando documentos e objetos históricos que favoreçam os estudos sobre a história da Faculdade e da Medicina Veterinária paulista e nacional, inseridas no contexto do desenvolvimento da saúde, ciência e tecnologia. Segundo Candido, no futuro, o objetivo será gerar publicações e cursos relacionados a esses temas. 

Mais obras finalizadas. Na mesma data, o público participante pôde conferir a reformulação da Galeria dos Diplomados, um corredor onde estão expostas placas em bronze com a lista de alunos de cada turma, a partir de 1935. Para marcar o 100º aniversário, foram incluídas placas com informações sobre os diferentes nomes e localização do curso que deu origem à Faculdade. Na Praça da FMVZ, localizada em frente à entrada do Bloco 17, foi colocado o busto de Claude Bourgelat e duas novas esculturas. 

O Centro de Eventos, formado pelas antigas salas de aula, agora conta com copa equipada e sala de apoio para realização de eventos. “Temos uma parceria de longa data com a FMVZ-USP, que, inclusive, se fortaleceu ainda mais com a construção do Centro de Pesquisas em Nutrologia de Cães e Gatos (CEPEN PET) no campus de Pirassununga, em 2017, e tantas iniciativas em prol da pesquisa na área clínica e de nutrologia. Por isso e diante de toda a importância histórica da Faculdade para o desenvolvimento da Medicina Veterinária no Brasil, é uma honra apoiarmos as ações comemorativas deste centenário”, afirma a diretora de Planejamento Estratégico e Marketing Corporativo da PremieRpet, Madalena Spinazzola.  

Mais informações sobre o Centenário estão disponíveis no site da FMVZ-USP

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.