Assine

Problemas de comportamento causam danos físicos aos pets

É preciso que o tutor conheça bem seu pet a fim de identificar que algo está errado

Por conta do isolamento social devido à Covid-19, muitos assuntos sobre cuidados com a saúde mental têm sido fomentados. Mas, assim como os humanos, os animais também podem desenvolver problemas psicológicos durante a vida.

A médica-veterinária, comportamentalista e sócia da Animalz, Cintia Pinheiro, diz que tanto cães quanto gatos podem desenvolver distúrbios comportamentais ao longo de suas vidas. Alguns dos mais comuns incluem agressividade entre animais, ansiedade, fobias ou medos, compulsões, entre outros.

De acordo com a médica-veterinária, comportamentalista e diretora de Comunicação Social da Associação Brasileira de Medicina Veterinária Comportamental (ABMeVeC), Sheron Halfd de Andrade, os problemas psicológicos que afetam cães e gatos podem ser de origem comportamental e/ou clínica.

Os transtornos psicológicos podem, inclusive, ser mais graves nos animais que em humanos, de acordo com Sheron, pois, além dos problemas comportamentais impactarem diretamente na qualidade de vida do animal, eles interferem na relação do pet com seu tutor e sua família. “Em casos severos de comportamentos agressivos ou compulsivos não diagnosticados e tratados, a deterioração do vínculo entre animal e a família humana pode levar esses animais ao abandono ou até mesmo à eutanásia”, aponta.

Você confere neste link a reportagem completa, gratuitamente.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.