Assine

Produção de alimentos para pet pode crescer mais 60% no Brasil

Mercado tem um potencial de crescimento de 4,6 milhões de toneladas

O segmento de alimentos para animais de estimação, o chamado Pet Food, demandou 7,35 milhões de toneladas para suprir toda a população de cães e gatos no ano passado. Os fabricantes produziram 2,74 milhões de toneladas, o que corresponde a 37,3% do total demandado. 

No entanto, o mercado ainda tem um potencial de crescimento de 4,6 milhões de toneladas. É o que indica o mais recente levantamento do Instituto Pet Brasil (IPB), entidade de classe que congrega a indústria e o varejo do setor pet. 

De acordo com os dados levantados, o Brasil está em terceiro lugar no ranking da população pet mundial, com 139,3 milhões de animais de estimação, atrás da China e dos Estados Unidos. Apenas como base de comparação, a América do Norte produz mais de 9,6 toneladas de pet food. "A indústria brasileira tem muito o que desenvolver. Mas os números positivos, juntamente com o potencial de consumo, trazem confiança", ressalta o vice-presidente da unidade de Comércio e Serviços da entidade, Nelo Marraccini Neto. 

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.