Assine

Profissional aponta o que fazer em casos de distocia em jabutis

Má alimentação e espaço inadequado podem causar o problema

Em cativeiro, os jabutis costumam comumente apresentar distocias, tal como a retenção de ovos, que pode resultar em prolapso de oviduto. Muitas vezes, estão associadas a alterações nos ovos como formato inadequado, tamanho aumentado, hipercalcificação ou traumas, infecção bacteriana, distúrbios endócrinos, atonia muscular e fotoperíodo anormal. 

Um exame que é imprescindível para o diagnóstico do quadro é a radiografia, sendo também utilizada para diferenciar quadros obstrutivos, quando algo está impedindo o fluxo normal dos ovos, dos não obstrutivos, que está relacionado ao manejo inadequado do animal, sendo esta última a mais prevalente visto que a reprodução e oviposição adequada desses animais está relacionada com diversos fatores tais como fotoperíodo, temperatura, ciclo térmico e oferta de alimento. 

As causas mais prevalentes são a presença de local inadequado para a confecção de ninhos, tal como substrato rígido, e temperaturas inadequadas. Sendo assim, é de grande importância que o tutor forneça ao animal um substrato arenoso ou de terra, de forma que este consiga cavar e, assim, realizar a oviposição. 

Quadros de desnutrição e desidratação também podem contribuir para ocorrência da distocia, sendo assim, é importante oferecer uma dieta adequada, com folhas que possuam bastante cálcio (folhas escuras) e vegetais como beterraba e cenoura, além de ovo cozido pelo menos uma vez na semana, ração para jabutis, e frutas como mamão e maçã. 

Leia aqui o artigo completo, da edição de março da C&G VF. 

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.