Assine

Programas de residência veterinária são acreditados pelo CFMV

De acordo com o Conselho, ao todo treze iniciativas foram condecoradas com os Selos Ouro e Prata

Ao chegar à conclusão do I Ciclo de Acreditação dos Programas de Residência e Aprimoramento em Medicina Veterinária, 13 programas de três Instituições de Ensino Superior (IES) foram acreditados pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV). Os resultados foram disponibilizados no Diário Oficial da União no dia 06 de maio.

De acordo com o Conselho, oito programas atingiram o índice de 85% de avaliação, na verificação in loco, e receberam o Selo Ouro, com validade de até cinco anos; os outros cinco, que alcançaram 75% dos pontos, foram acreditados com o Selo Prata, válido por dois anos.

Uma das instituições consagradas foi a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), campus Botucatu (SP), onde o programa de Enfermidades Infecciosas conquistou o Selo Prata, enquanto outros cinco obtiveram o Selo Ouro, são eles: Anestesiologia Veterinária; Clínica de Grandes Animais; Zoonoses e Saúde Pública; Fisiopatologia da Reprodução e Obstetrícia; e Radiologia Veterinária.

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (FMVZ-USP) recebeu Selo Ouro em três programas de residência (Clínica Médica de Pequenos Animais; Anatomia Patológica; e Clínica Médica e Cirúrgica de Grandes Animais/Equinos) e o Selo Prata ao programa de Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais.

A terceira instituição citada pelo CFMV foi a Sociedade Educacional do Espírito Santo, da Universidade de Vila Velha (UVV), no Espírito Santo, que ganhou três Selos Prata: Clínica Cirúrgica e Anestesiologia de Pequenos Animais; Clínica Médica de Pequenos Animais; e Patologia Animal.

Para a realização das avaliações, cada instituição foi visitada pela comissão avaliadora para uma análise de documentos, reuniões com gestores, preceptores, tutores e residentes, além de visita e análise dos cenários de prática relacionados aos programas.

Para o médico-veterinário Marco Giannoccaro da Silva, membro da CNRMV, a acreditação destaca os programas de excelência, oferecendo aos egressos um norte na busca para complementar sua formação. “O primeiro ciclo é um marco histórico para a Medicina Veterinária e a sua continuidade está diretamente relacionada à qualidade da formação profissional e ao serviço prestado à comunidade”, afirma.

Fonte: CFMV, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.