Assine

Protetora pode ter sido vítima em Brumadinho por tentar salvar seu cão

Outras pessoas que estavam na casa no mesmo momento conseguiram escapar

A secretária municipal de Desenvolvimento Social de Brumadinho (MG), Sirlei Brito Ribeiro, foi uma das vítimas da tragédia ocorrida no local. A mulher, que morava a quinhentos metros da barragem, estava com mais duas pessoas em casa e foi a única a não escapar, o motivo, segundo testemunhas, seria o resgate de seus animais.

“Ela estava em casa com um jardineiro e uma empregada. O jardineiro nos contou que eles ouviram o barulho e viram a lama vindo. Correram. Mas ela voltou. Acreditamos que tenha ido buscar a cachorrinha. Era muito apegada”, conta o cunhado de Sirlei, Eduardo Toscano.

sirlei_
Secretária lutava pelo meio ambiente e questionava
os impactos da mina na região (Foto: reprodução)

O velório reuniu centenas de pessoas na Câmara Municipal do município durante a manhã da última quarta-feira (30). Sirlei costumava fazer abaixo-assinados contra os impactos da mina e estava sempre envolvida na luta pela melhoria de vida da população local. O cunhado ressalta o trabalho dela com animais, segundo ele, a secretária cuidava de vários deles em casa e era considerada uma militante das causas ambientais.

O resgate de animais na cidade desde o ocorrido tem chamado atenção. Diversos voluntários têm realizado missões de busca no local. O número de animais resgatados aumentou para 57. A Brigada Animal acolheu 27 cães, 14 pássaros, oito galinhas, dois galos, dois bovinos, dois patos, um gato e um cágado.

Fonte: ANDA, adaptado pela equipe Cães&Gatos.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.