Assine

Royal Canin defende nutrição com foco em raças específicas

Estudos indicam que ação beneficia a qualidade de vida dos pets

Além das especificidades características dos pets de raças definidas, como porte e pelagem, tais animais necessitam de uma maior atenção na hora de selecionar a nutrição adequada. Estudos indicam que ação beneficia a qualidade de vida dos pets.

Segundo a coordenadora de Comunicação Científica da Royal Canin do Brasil, Priscila Rizelo, “a ciência envolvendo nutrição de animais de companhia tem avançado nas últimas três décadas a fim de compreender com precisão o papel dos nutrientes na promoção de saúde, qualidade de vida e longevidade e tem demonstrado que as diferentes raças possuem necessidades específicas e que, muitas delas, podem ser influenciadas pela nutrição”.

Dentre os exemplos, alguns aspectos são levados em consideração na formulação de alimentos específicos para raças. “As características anatômicas como a diversidade de formatos de cabeça, maxilas e mandíbulas das raças, levam à necessidade do desenvolvimento de croquetes adaptados que favoreçam preensão e estimulam a mastigação”, explica a profissional

Ainda de acordo com ela, raças braquicefálicas, como o shih-tzu, por exemplo, podem ter dificuldade de preensão de croquetes não adaptados. Situação que pode ser contornada com a nutrição sob medida.

Confira mais informações sobre o assunto no artigo disponível  na editoria Nutrologia (Características), da edição de julho da C&G VF. Clique aqui.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.