Assine

Saúde mental de crianças pode ser melhorada com a interação com pets

Estudos realizados pelo Centro Waltham apontam os benefícios dessa relação

As guerras entre seres humanos, sejam elas de quaisquer naturezas, de grande ou pequeno porte, deixam em aberto um vasto campo de interrogações tanto aos pais, quanto aos educadores. Cada vez mais, tem sido de extrema importância para as organizações conscientizar os pais sobre a importância da saúde emocional e mental de seus filhos. 

Atualmente, crianças e adolescentes estão enfrentando dificuldades de interação social e, muitas vezes, devido à crescente quantidade de tempo dedicado às redes sociais, jogos, televisão, etc. Naturalmente, a saúde mental e emocional é complexa e multifacetada e pode exigir cuidados específicos, mas, olhando para essa nova realidade, o vínculo que as crianças têm com os animais de estimação pode ajudá-las a enfrentar e superar tempos difíceis. 

Segundo estudos realizados pelo Centro de Nutrição e Bem-Estar Animal Waltham, da Mars Petcare, os animais de estimação podem atuar como “atenuadores de estresse”. Pesquisas comprovam que eles podem, por exemplo, aliviar a angúsita associada a experiências que provocam ansiedade, além de diminuir a percepção de dor física e emocional. 

As relações próximas com cães e gatos também são vinculadas ao desenvolvimento de empatia e ao comportamento positivo entre as crianças. Os cães podem oferecer apoio psicológico, ajudando-as a se sentir bem consigo mesmas, lidar melhor com a ausência de familiares e enfrentar com mais tranqulidade a mudança para uma nova escola. 

Um estudo realizado pela Universidade de Cambridge e pelo Centro Waltham revelou que crianças se relacionam melhor com seus animais de estimação do que com seus irmãos. Apesar de o pet não responder verbalmente, o nível de revelações para eles é grande e é visto como um benefício, pois isso significa que eles não fazem nenhum tipo julgamento, se estabelecendo uma relação de muita confiança. 

Waltham também foi percursor de um outro estudo, conduzido juntamente com a Universidade de Liverpool, que sustenta a convicção de que crescer com um animal de estimação pode trazer benefícios sociais, emocionais e educacionais às crianças e adolescentes. Crianças com pets tendem a ter autoestima mais elevada, se sentem menos sozinhas e têm mais habilidades sociais, ajudando no desenvolvimento saudável. 

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.