Assine

Sensibilidade à dor pode variar de um cão para outro

Pesquisa se baseia em respostas de médicos-veterinários e tutores

Um estudo on-line, com pouco mais de mil veterinários e mil membros do público em geral, foi realizado a fim de saber suas opiniões sobre a resposta dos animais à dor. Segundo a médica-veterinária, professora assistente de Medicina Comportamental na Faculdade de Medicina Veterinária, da Universidade Estadual da Carolina do Norte, Margaret Gruen, na pesquisa, pediram que classificassem a sensibilidade à dor em 28 raças diferentes de cães, identificadas apenas por suas fotos.

“Ficamos surpresos com o quanto os cães foram classificados como diferentes na sensibilidade à dor, baseado em suas raças. O tamanho desempenhou um papel importante, especialmente no público em geral - cães menores foram classificados como mais sensíveis à dor do que cães maiores. Entre os veterinários, os resultados foram diferentes - os cães ainda eram classificados com sensibilidade à dor diferente, mas o tamanho não era tão importante. No entanto, os clínicos tiveram uma variação menor - eles eram mais propensos a concordar um com o outro sobre suas classificações”, diz.

Margaret diz que espera, em futuras pesquisas, entender melhor as implicações dessa descoberta. “Duas grandes questões que temos são: 1) se existe uma diferença real - esse seria um achado interessante e importante que poderia nos dar informações sobre os mecanismos da dor; e 2) tem implicações na maneira como os cães serão tratados para condições dolorosas”, afirma.

Leia a reportagem completa neste link.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.