Assine

Seresto, da Bayer, marca presença em evento sobre leishmaniose visceral

Assunto é de interesse da empresa, que destina proteção aos cães e gatos

logotiposeresto

Cláudia Guimarães, de Belo Horizonte (MG)

claudia@ciasullieditores.com.br

Tão debatida dentro do meio veterinário, a leishmaniose ainda merece uma atenção especial: a dos tutores de animais de companhia. Para isso, a C&G VF participou, juntamente com a Bayer Saúde Animal (São Paulo/SP), do XIX Simpósio Internacional de Leishmaniose Visceral Canina, organizado pelo Grupo de Estudos de Leishmaniose (Brasileish), que ocorreu nos dias 10 e 11 de novembro, em Belo Horizonte (MG). O evento frisa a essencialidade dos profissionais instruírem seus clientes sobre prevenção.

A Bayer considera importante estar presente em eventos como este, principalmente quando há, também, palestras focadas na prevenção da leishmaniose em felinos, já que seu produto Seresto é a única solução, hoje, contra a doença em gatos. “É muito importante comunicar os clínicos e apoiar a iniciativa do Brasileish de fazer com que o veterinário seja um comunicador sobre a necessidade do entendimento da doença junto à sociedade como um todo”, avalia a consultora Técnica de Pequenos Animais, da Bayer, que atende os Estados de Minas Gerais, Espírito Santo, Centro-Oeste, Norte e Nordeste do País, Bárbara Duarte.

estande
Presença da marca Seresto, para a Bayer, representa uma
ótima maneira de reforçar seus predicados e atingir
novos profissionais parceiros (Foto: C&G VF)

Com a participação no evento, a Bayer realizou algumas ações junto aos participantes, como narrado por Bárbara: “Fizemos uma apresentação cênica para mostrar, de forma lúdica, os benefícios da Seresto, qual a real ameaça do flebotomínio e da doença em si. Atores representaram o vetor e uma gata que utiliza a coleira, com a missão de proteger a cidade de Bayerland. Acreditamos que é muito importante a disseminação desses conhecimentos tanto para a comunidade veterinária quanto para a saúde pública”, pondera.

O objetivo da apresentação era poder oferecer informações importantes de forma mais suave, para que os presentes entendessem os benefícios de duração de oito meses, bem como o fato da coleira ser hipoalergênica e indicada para os gatos, segundo a profissional. “Em um segundo momento, organizamos uma dinâmica que fazemos muito na Bayer e que possui boa aceitação do público: se chama Dupla Premiada, onde as pessoas procuram outras com o adesivo da mesma numeração e, se encontrando, vêm até o estande para pegar o brinde. Neste evento, oferecemos um pen drive de Seresto, que intitulamos como a proteção para as pessoas daqui, já que ele tem formato de pulseira para colocar em volta do braço”, compartilha.

As ações da companhia não pararam por aí: houve um sorteio de uma mala personalizada da Seresto, com imagem do cão e do gato. “Para sortearmos, os veterinários passaram seus dados profissionais e pessoais. Com essas informações também temos uma comunicação facilitada com eles após o evento”, declara.

teatro
Apresentação cênica, realizada pela Bayer, abordou,
de forma lúdica, os benefícios da Seresto (Foto: divulgação)

Boas referências. A presença da marca Seresto, para a Bayer, representa uma ótima maneira de reforçar seus predicados e atingir novos profissionais parceiros. “Isso ocorre pela disseminação do conhecimento sobre os benefícios do produto e pelo reforço das características técnicas do mesmo e, ainda, por conta de pessoas renomadas citarem Seresto em suas palestras. Essas coisas acabam aumentando o reconhecimento da marca, do produto em si, bem como reflete em nossas vendas”, analisa Bárbara.

Pensando nisso, a empresa distribuidora local da Bayer foi convidada para estar presente no simpósio, a fim de facilitar o atendimento a veterinários da região. “Auxiliamos algumas negociações com condições especiais, já que nosso objetivo é aumentar as vendas do produto como forma de resultado da participação do evento”, expõe.

Como Belo Horizonte é uma cidade onde a casuística de leishmaniose é muito alta, até por isso o motivo da escolha do local do evento, segundo Bárbara, a Bayer quis proporcionar uma boa lembrança aos participantes, oferecendo uma mousse de goiabada cascão com queijo curado, um mimo característico do município, que foram entregues com a seguinte mensagem: “De Belo Horizonte, desejamos que você leve só boas lembranças e aprendizado, porque a leishmaniose está em todo o Brasil”.

Apresentações. O veterinário e primeiro presidente do Grupo Brasileish, Vitor Márcio Ribeiro, declarou, na abertura do evento, que tudo que iria acontecer nesses dois dias é fruto de uma caminhada de, pelo menos 19 anos. "Eu falo em nome do Brasileish: hoje, todos são bem-vindos em nosso meio e este encontro tem muito a agradecer ao próprio grupo, principalmente, que se dispôs a começar a discutir sobre Leishmaniose com ciência e técnica e, ainda, por ter o princípio básico de se fundamentar na defesa da vida humana e animal, evitando a eutanásia de pets acometidos", declarou.

A fundadora do Grupo Leishvet (Itália), Dra. Maria Grazia Pennisi, também participou do encontro, apresentando o tema "Leishmaniose Felina – Semelhanças e diferenças: Aspectos Clínicos e Diagnóstico". Nos últimos dez anos, de acordo com ela, os casos de doenças em felinos aumentaram muito. Dos 115 casos relatados na literatura na Europa, 80 foram diagnosticados nesses últimos anos. "Assim, passamos a prestar mais atenção no gato e em sua saúde e aplicar as técnicas disponíveis", comentou. 

Ela ainda revelou que, recentemente, foi descoberto que a infecção da leishmaniose em gatos está associada a outras infecções transmitidas por vetores. "Há muitas informações comprovadas sobre a doença em cães, mas, em gatos, nós deduzimos muitas coisas, pois não há muitos materiais e descobertas na literatura", destacou.

Bárbara Duarte ainda deixa mais um recado sobre a participação no evento:

Agora, confira os momentos Bayer registrados pela C&G VF:

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.