Assine

Silvestres possuem vários meios de se higienizar e repelir parasitas

Água, areia e até lama são utilizados pelos animais na hora da limpeza

É praticamente impossível não se encantar com os animais, sejam eles quais forem: uma onça ou uma borboleta, cada qual possui o seu encanto. E é claro que os bichos sempre roubam a cena quando dão as caras. Uma rápida aparição de um pássaro na janela, por exemplo, já é o suficiente para atrair olhares de qualquer pessoa. 

Muitas vezes, os animais passam despercebidos diante da correria do dia a dia, mas com um olhar mais atento, ou até com ajuda de equipamentos especiais, como armadilhas fotográficas, é possível notar que os bichos estão por todos os lados e, muitas vezes, bem mais à vontade do que a gente imagina. 

No Mato Grosso do Sul, uma câmera trap do Projeto Tatu-Canastra flagrou um momento íntimo de um tamanduá-bandeira: o animal entrou em uma poça d’água para tomar banho. O registro impressiona pelo comportamento curioso e pela raridade do flagrante. 

Em Santa Catarina, outro bicho chamou atenção de pesquisadores: os quatis. Na Ilha do Campeche, em Florianópolis, os animais têm entrado nas casas para pegar sabonete, desengordurante líquido e até sabão em pó para tomar banho. O motivo é simples: os produtos industrializados estão sendo utilizados pelos animais para repelir mosquitos e carrapatos do corpo. 

Queira ou não, observar um animal se banhando pode ser diferente para nós, mas isso não significa que não seja um comportamento corriqueiro do mundo selvagem. Pelo contrário, os animais, assim como as pessoas, também tomam banho com frequência. 

Os bichos mais comuns de serem observados neste momento são as aves. Seja na beira de lagoas, rios, banhados, poças, piscina ou até nas vasilhas de água dos pets, o animal sempre encontra uma maneira para limpar as penas e se refrescar. Neste caso, o banho também auxilia na manutenção da plumagem da espécie. 

Banho de chuva. Os animais aproveitam a água da chuva para tomar banho. Muitas aves costumam, quando empoleiradas, esticar as penas das asas e da cauda para utilizar a água que cai do céu, fazer a limpeza da plumagem e, ainda, realizar a termorregulação do corpo. Com auxílio do bico e da língua os pássaros “ajeitam o visual”. 

Banho de areia. As aves e alguns mamíferos podem ser observados “aproveitando” áreas arenosas. Neste ambiente, os bichos costumam esfregar as penas ou os pelos na areia. Este tipo de banho tem como objetivo principal afastar os parasitas, sendo considerado uma forma de proteger o corpo com um repelente natural. 

Banho de lama. Catetos, queixadas e até elefantes costumam tomar banho de lama em regiões onde há o acúmulo de barro. Pesquisadores acreditam que este tipo de comportamento seja uma forma do animal controlar a sarna do corpo. Além de se refrescarem, o banho é um tipo de tratamento para proteger a pele contra os raios do sol, picadas de insetos e ainda protege algumas feridas do corpo. 

Fonte: G1, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.