Assine

Site de adoção de pets aproveita de erro comum na escrita das raças

Pintier e yorkshine estão entre nomes mais buscados pelos futuros tutores

As formas de atrair novos tutores para os cães que estão em busca de um lar são diversas e a criatividade tem colaborado com essa missão. O site Busca Dogs, fundado pela ONG Clube dos Vira-latas, em parceria com a marca Güd, é um exemplo disso.  A proposta é aproveitar as buscas feitas de forma errônea com nome de raças na internet e assim, atrair visitantes ao site. “Pintier”, “Hot Vaile”, “Pudol” e “Yorkshine” são alguns dos termos mais buscados no Google por pessoas que querem adotar um cachorro, segundo a organização.

A presidente da ONG, Claudia Demarchi, relata que a ideia começou a ser esboçada há dois meses, e tem como principal intuito fazer com que os mais de 600 cachorros que atualmente moram no abrigo da ONG sejam adotados.

Além disso, o site conta com o bom humor na descrição dos animais que estão para adoção.  “E aí, moçada! Eu sou o Xinauzer. Minha história é meio triste, mas eu já tô SHOW. Fui encontrado na estrada pelo pessoal da ONG quando um urubu estava comendo a minha orelha. Doeu pacas, mas, agora que eu tô bom, só preciso de um lar pra espalhar todo meu amor”, é um dos exemplos que podem ser vistos no site.

Claudia conta que sua história com os animais é longa: vem desde que ela tinha 5 anos de idade. “Hoje tenho 52 anos, mas sempre gostei de bichos. Todos aqui somos voluntários e amamos o que fazemos”, comenta.

Para ajudar os animais, a organização precisa de doações de todo o tipo, como medicamentos e recursos para cuidar dos bichinhos. “A nossa meta é cuidar de animais abandonados. Abrigo não é lugar para nenhum bicho”, salienta.

O espaço pode ser visitado pelo público todos os dias, entre 10h e 15h da tarde, com a única condição de agendamento prévio pelo email: contato@clubedosviralatas.org.br.

Fonte: Revista Galileu, adaptado pela equipe Cães&Gatos.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.