Assine

Startup desenvolve projeto com células-tronco mesenquimais

Omics Biotecnologia é da Unesp, campus Botucatu (SP)

Um projeto que desenvolve novos produtos baseados em células-tronco para a Medicina Veterinária foi selecionado pelo programa Finep Startup. A criação foi da Omics Biotecnologia, uma startup da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), campus em Botucatu. 

Segundo a sócia e diretora de PD&I do Laboratório Omics Biotecnologia Animal, Marina Landim e Alvarenga, o programa Finep Startup é uma iniciativa do Governo Federal para impulsionar o crescimento de empresas com produtos inovadores já desenvolvidos e em busca de inserção no mercado. “A seleção foi longa e minuciosa, baseada em nosso plano de negócios e seguida de uma auditoria total da empresa antes da sua aprovação. Neste sentido, o fato de nosso projeto ter sido o único de biotecnologia selecionado, entre mais de 500 projetos enviados na primeira chamada da Finep Startup, foi uma grande honra e uma enorme responsabilidade, além de comprovar a seriedade e saúde financeira da Omics”, afirma. 

Ela conta que a tecnologia desenvolvida pela Omics Biotecnologia Animal faz parte de um novo segmento da Medicina chamado de Terapia Celular Avançada. “O que oferecemos é um produto biológico constituído por células-tronco animais vivas, as quais liberam diversas citocinas, interleucinas e fatores de crescimento com ação global no processo de regeneração”, explica. 

Após anos de estudo, Marina conta que, hoje, a Terapia Celular Omics é constituída por uma dose terapêutica de células-tronco mesenquimais refrigerada e pronta para aplicar, que pode ser utilizada isoladamente ou como coadjuvante nos tratamentos convencionais de forma muito simples. 

Clique aqui e continue lendo a reportagem, na edição de março da C&G VF. 

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.