Assine

Técnica para retirada do baço precisa de cuidados para evitar hemorragia

Esplenectomia: quando é indicado e quais cuidados deve-se ter?

Casos de neoplasias esplênicas, com ou sem ruptura, traumas em que há ruptura do baço, com quadros de hemorragia ativa, torções esplênicas e alguns casos de anemia hemolítica são as principais indicações para a esplenectomia, cirurgia para retirada parcial ou total do baço, de acordo com o médico-veterinário, com residência em Cirurgia de Pequenos Animais e mestrado em Biotecnologia Animal, com ênfase em Cirurgia de Pequenos Animais, Fabiano Braz.

Segundo Braz, o médico-veterinário pode chegar à conclusão de que a esplenectomia é necessária com base em histórico clínico e exames auxiliares. “Animais   com   nódulos   esplênicos têm indicação de cirurgia. Em casos emergenciais de hemoperitônio (sangramento abdominal), estes animais sempre são submetidos à cirurgia para controle da hemorragia. Na maioria das vezes, o foco é o baço (neoplásico ou com ruptura traumática)”, diz.

Sobre os cuidados antes e depois do procedimento, o profissional destaca que variam de acordo com o caso clínico.

Fabiano Braz comenta que, nos casos de animais submetidos à cirurgia devido a um quadro de hemoperitonio por ruptura do baço, o prognóstico é de reservado a bom. Se tudo correr dentro do esperado durante o procedimento cirúrgico e o animal não apresentar comorbidades, ele tem um prognóstico melhor. “Já nos casos de neoplasias esplênicas (câncer no baço), o prognóstico sempre é reservado e vai depender muito do diagnóstico histopatológico. O baço deve ser enviado para análise microscópica, identificado o tipo de neoplasia que acometeu o órgão e esta informação poderá nos dar melhor ideia de prognóstico”, esclarece.

Clique aqui e leia a reportagem completa na edição de setembro da C&G VF.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

LEIA TAMBÉM:

Cão recebe tratamento oncológico só disponível na Medicina Humana

Cuidados paliativos melhoram qualidade de vida de pets com câncer

Visão animal está diretamente ligada aos hábitos de vida das espécies

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.