Assine

Tecnologia de atmosfera controlada mantém propriedades nutricionais

A técnica é aplicada no momento de ensacar/envazar o alimento

A busca por produtos de alta qualidade é constante e, geralmente, está associada à seleção de matérias-primas, composição da fórmula, condições sanitárias de produção e tecnologias avançadas de processamento. O grande desafio das indústrias produtoras de alimentos para pets é o mantimento das propriedades nutricionais e organolépticas do produto (exemplo de propriedades Organolépticas: odor, cor, sabor) até o momento do consumo final. 

Para auxiliar nesta missão, um aliado tecnológico importante, que tem sido bastante utilizado em indústrias de alimentos em geral, é a Atmosfera Modificada, também conhecida como MAP (Modified Atmosphere Packaging). Esta tecnologia é empregada na etapa final de processamento, durante a etapa de ensaque ou envaze, e consiste na retirada total (ou da maior parte) do oxigênio residual presente nas embalagens, por meio da introdução de gases ou misturas de gases que, na maior parte do tempo, são compostos de nitrogênio e/ou dióxido de carbono, garantindo uma atmosfera completamente diferente daquelas comuns encontradas com altas concentrações de oxigênio. 

Equipamentos sofisticados são utilizados para ensacar/envazar um produto em uma tecnologia de Atmosfera Modificada. O equipamento deve prover um flush de retirada de oxigênio bem como outro com a adição do(s) gases(s) utilizado(s). A escolha dos gases depende muito da composição e recomendações de armazenamento do produto, porém, o nitrogênio tem sido utilizado, principalmente devido às suas características de diminuição de rancidez oxidativas, principal deteriorador de alimentos petfood.  

Confira o artigo completo na edição de julho da C&G VF.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD. 

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.