Assine

Terapia Assistida por Animais causa efeitos positivos nos pacientes

Veterinário tem função fundamental no processo de treinamento dos cães

Além de os animais, nos dias atuais, fazerem parte das famílias, eles também podem contribuir como coadjuvantes em tratamentos médicos ou como terapeutas em instituições. Como aponta um estudo publicado na revista científica Journal of Psychiatric Research, os animais podem ajudar pessoas com diagnóstico de depressão na forma mais grave da doença. Os pesquisadores observaram 80 pacientes, destes, 33 adotaram pets. Como resultado, o grupo adotante teve melhora nas taxas de resposta e remissão da condição, diferentemente dos que optaram por não adotar animais, que não remitiram. Quando pensamos que somos essenciais a eles, percebemos o contrário. 

A Terapia Assistida por Animais (TAA) é uma forma de levar bem-estar a quem necessita, por meio de voluntários e animais dispostos a participar dessa “aventura do bem”. De acordo com psicanalista e fundadora e superintendente técnica da Organização não Governamental ONG Patas Therapeutas, Silvana Fedeli Prado, o termo mais utilizado é “Intervenções Assistidas por Animais”, que engloba a atividade, terapia e a educação. 

Os médicos-veterinários são responsáveis pela seleção dos cães terapeutas, por meio de testes comportamentais individuais e avaliação do animal nos encontros chamados de socialização, onde os animais terapeutas interagem, realizando atividades com seus tutores e demais voluntários da ONG. 

Leia a reportagem completa na edição nº 247 da C&G VF. Clique aqui

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.